fevereiro 4, 2023

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Tudo está bem no acampamento de Portugal após o drama CR7: The Tribune India

Al Rayyan, 8 de dezembro

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) negou relatos da mídia de que o capitão Cristiano Ronaldo ameaçou deixar a seleção durante a Copa do Mundo depois que o técnico Fernando Santos o dispensou nas oitavas de final contra a Suíça.

Ronaldo, o jogador que mais internacionalizou por Portugal e o melhor marcador de sempre, foi substituído por Gonçalo Ramos, que marcou um “hat-trick” na goleada da Suíça por 6-1 no primeiro jogo a eliminar na terça-feira. Ronaldo apareceu como um substituto tardio.

“A FPF esclarece que em nenhum momento o capitão da seleção, Cristiano Ronaldo, ameaçou deixar a seleção em qualquer fase do Catar. A vitória contra a Suíça provou mais uma vez o nível de comprometimento do internacional mais internacional de Portugal”.

Ronaldo tem lutado para marcar desde que converteu um pênalti na estreia de Portugal na fase de grupos contra Gana, tornando-se o primeiro jogador a marcar em cinco Copas do Mundo. O jogador de 37 anos reiterou o compromisso nas redes sociais após a declaração da FPF. “Um grupo tão unido que não pode ser quebrado por forças externas. Uma nação que nenhum inimigo pode temer. Uma equipa no verdadeiro sentido da palavra, lutando até ao fim pelo sonho! Confie em nós!” ele escreveu no Twitter. – Reuters

#CristianoRonaldo #Futebol

READ  Ranking das assinaturas da Premier League mais caras de Portugal