maio 27, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Portugal permite que titulares do Governo votem no dia das eleições, recomendando viagens noturnas

Por Catarina Demony e Miguel Pereira

LISBOA (Reuters) – Os eleitores portugueses na Covit-19 e os isolados poderão deixar suas casas para votar quando forem recomendados viajar até as 18h e as 19h, quando o país realizar uma eleição antecipada em 30 de janeiro. O governo disse quarta-feira.

No dia em que Portugal, quase 90% da sua população de 10 milhões, foi totalmente vacinado, foram relatadas 52.549 novas infecções por Kovit-19, o número diário mais alto desde o surto, desencadeado pela variante Omigran, que se espalha rapidamente.

O ministro do Interior, Francisco von Dunem, disse em entrevista coletiva que os eleitores isolados só devem ir às urnas entre 18h e 19h, pedindo às pessoas não infectadas que compareçam antes disso.

“Precisamos de um contrato social que permita que todos votem com segurança”, disse Von Dunem, exortando os que estão sozinhos a não usar transporte público, mas a caminhar ou usar seu próprio veículo.

No entanto, os horários recomendados não são obrigatórios. As pessoas infectadas com o vírus devem usar máscara, observar o espaço social e sair de casa para votar.

Equipamentos de segurança serão fornecidos aos funcionários que trabalham nas cabines de votação.

Craig Friedas, chefe da Comissão de Saúde, disse que não haveria áreas designadas para os afetados pelo Govt-19 votarem e que eles não teriam que mostrar prova de sua saúde na cédula.

“Esta solução é ter um prazo especial para essas pessoas votarem… não prevenir completamente, mas reduzir o risco de contágio”, disse Freidas.

Havia 1.959 pacientes do Governo-19 nos hospitais na quarta-feira. Em 1º de fevereiro de 2021, havia 6.869 pacientes. O número de mortos é muito menor do que nos máximos anteriores, com um total de 19.413 mortos.

READ  ONSeries Lisbon - Explorando o potencial de Portugal à frente da TBI Vision

A eleição ocorreu depois que o parlamento rejeitou o projeto de lei orçamentário do governo minoritário socialista para 2022. O partido do primeiro-ministro Antonio Costa lidera confortavelmente nas pesquisas, mas provavelmente perderá a maioria parlamentar completa.

A campanha eleitoral está em pleno andamento após o pontapé inicial de domingo e os comícios de rua, onde o uso de máscara é opcional.

(Reportagem de Katrina Demoni e Miguel Pereira; edição de Andre Khalif, Angus Maxwan, Alexandra Hudson)