Fevereiro 20, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Portugal destaca-se como um dos melhores locais para investir em imobiliário!

Portugal destaca-se como um dos melhores locais para investir em imobiliário!

De acordo com pesquisa global Pesquisa Mundial Savills, o investimento imobiliário global deverá aumentar em 2024, atingindo o seu pico no terceiro trimestre. Portugal é um dos destinos mais procurados devido ao seu potencial turístico.

Os investigadores da Savills esperam um clima de investimento mais favorável em 2024, com 57% dos entrevistados esperando um aumento moderado a forte na atividade de investimento no próximo ano. Essa confiança sobe para 70% para imóveis residenciais multifamiliares e 66% para imóveis industriais e logísticos.

A Savills prevê um aumento na atividade de investimento no terceiro trimestre de 2024, impulsionado pelos principais mercados, incluindo os EUA e o Reino Unido. A consultoria destaca o setor multifamiliar, onde a procura está a superar a oferta, e o setor logístico, impulsionado pelos seus fortes fundamentos.

Desafios no mercado imobiliário europeu e a posição de Portugal

O mercado imobiliário europeu enfrenta desafios significativos devido ao aumento das taxas de juro, resultando em investimentos e preços imobiliários lentos. O BNP Paribas RE prevê uma recuperação em 2024, especialmente à medida que os investidores adoptem estratégias orientadas para um ambiente macroeconómico mais estável.

No primeiro semestre de 2023, o investimento europeu atingiu o seu ponto mais baixo numa década, com uma redução de 57%. Os cinco principais mercados, incluindo Reino Unido, Alemanha, França, Espanha e Itália, registaram quedas significativas. Espanha foi uma exceção, registando um aumento dos investimentos.

Perspectivas para o mercado residencial em 2024

No primeiro semestre de 2023, o investimento residencial na Europa diminuiu 62% face ao mesmo período de 2022. A Savills sublinha a necessidade de alterações de preços para retomar os fluxos de caixa, nomeadamente devido ao refinanciamento, o que representa um risco para alguns investidores.

READ  Espanha e Portugal doam 4,8 milhões de dólares. Colonna da França lidera investigação da UNRWA

Embora os preços das casas usadas venham a diminuir nos próximos cinco anos, a procura de arrendamento continua elevada, impulsionada pela redução dos gastos como pagamentos de hipotecas e pelo aumento dos preços das casas. As cidades do sul da Europa e Viena estão a demonstrar resiliência, mantendo tendências ascendentes de preços, embora se preveja que a tendência se inverta até ao final do ano.

Em resumo, embora o mercado imobiliário europeu enfrente desafios e se espere uma recuperação gradual em 2024, Portugal destaca-se como um dos destinos mais atraentes para investimentos imobiliários devido ao seu potencial turístico crescente.


Paulo Lopes é um cidadão português multi-talentoso que possui um mestrado em Economia na Suíça e estudou Direito na Lusofona em Lisboa – CEO Casipéria Em Lisboa e no Algarve.

Paulo Lopes