Paulo Fonseca definitivamente afastado da candidatura à Câmara de Ourém

em Últimas

O Tribunal Constitucional indeferiu o recurso apresentado pelo Partido Socialista e confirmou que Paulo Fonseca não pode ser candidato à presidência da Câmara de Ourém nas eleições de 1 de outubro. O PS de Ourém diz que ainda não recebeu a decisão do Tribunal e não comenta. Paulo Fonseca escreve na sua página de Facebook que “O cabra é que manda. Eu obedeço. Claro que vou ganhar mais. Mas a minha terra merecia mais e eu podia ganhar menos por amor à minha terra”.

Na decisão a que a Lusa teve acesso, o Tribunal Constitucional nega provimento ao recurso interposto pelo PS à decisão tomada, por duas ocasiões, pelo Tribunal de Ourém, em 17 de agosto último, e confirmada pelo mesmo tribunal a 24 de agosto. O Constitucional confirma igualmente a decisão de que o lugar de Paulo Fonseca passe a ser ocupado pela número dois da lista, a psicóloga clínica Cília Maria de Jesus Seixo, 55 anos, professora de Filosofia e Psicologia em Fátima, “sendo a lista reajustada pela ordem de precedência dos sucessivos candidatos dela constantes”.

1 Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Ultima de Últimas

0 0.00
Ir para Topo