Fevereiro 22, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

NASA abandona Marte?

NASA abandona Marte?

Escrito por Douglas Helm | Publicados

A NASA tem alguns planos muito ambiciosos para Marte num futuro próximo, mas a recente decisão da agência espacial de cortar o financiamento para a missão Mars Sample Return deixou as partes de ambos os lados coçando a cabeça. A decisão gerou críticas de legisladores que a consideraram “míope e equivocada”, disseram os legisladores. POLÍTICO. A missão, que visa trazer amostras de Marte para a Terra, enfrentou recentes desafios orçamentais, o que levou a agência espacial dos EUA a abrandar o programa em Novembro.

Os legisladores da Califórnia, liderados pelo deputado democrata Adam Schiff e pelo senador Alex Padilla, escreveram uma carta ao administrador da NASA, Bill Nelson, sobre a decisão da missão a Marte. A carta também foi assinada pelos deputados democratas Judy Chu e pelo senador LaFunza Butler, juntamente com os deputados republicanos Mike Garcia e Yong Kim. A carta afirma que a decisão poderá resultar em perdas de empregos, custar até uma década de progresso científico, e que a “decisão precipitada” de propor cortes durante a fase de dotações “vai contra a autoridade do Congresso”.

Os cortes de empregos no financiamento reduzido afetarão principalmente o Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, com sede na Califórnia, que cria robôs que são enviados a Marte. A mensagem também influenciou as missões pessoalmente declaradas por Nelson, tais como o seu desejo de enfrentar a concorrência global de outras superpotências espaciais, como a China. Os Estados Unidos não são o único país que espera devolver amostras do Planeta Vermelho pela primeira vez na história, pois a China também está a trabalhar para alcançar um objectivo semelhante.

Perseverança Rover
Perseverança Rover

A missão de retorno de amostras de Marte da NASA é um projeto científico incrível que envolve o rover Perseverance e a colaboração com a Agência Espacial Europeia para as fases posteriores da missão. O rover Perseverance está atualmente percorrendo a superfície do planeta coletando rochas e poeira em tubos, que serão recuperados no futuro. A Agência Espacial Europeia ajudará então na fase de recuperação.

READ  Não perca a quádrupla chuva de meteoros e a ascensão de Marte

A NASA e a Agência Espacial Europeia enviarão um rover chamado Fetch para recolher os tubos da superfície de Marte numa entrega do rover Perseverance. O veículo então carregará os tubos em uma espaçonave, que será lançada da superfície e se encontrará com uma espaçonave maior, que fará uma viagem de volta ao deserto de Utah para entregar amostras. De acordo com um relatório do Politico, os cortes de financiamento farão com que a agência espacial perca a janela de lançamento de 2030 para o veículo de recuperação.

Uma análise independente da missão da NASA a Marte foi divulgada em setembro, revelando que o orçamento e o cronograma do projeto eram irrealistas desde o início. Isto é evidenciado pelo facto de o orçamento inicial de 4 mil milhões de dólares poder chegar aos 11 mil milhões de dólares, o que indubitavelmente influenciou a decisão da agência espacial de se retirar e propor cortes orçamentais. A agência terá que aguardar as dotações finais do Congresso para saber quanto receberá do atual pedido de financiamento.

Atualmente, há um projeto de lei na Câmara dos Representantes que concede à NASA o pedido de financiamento total de US$ 949,3 milhões. Há também um projeto de lei do Senado que daria à agência apenas US$ 300 milhões. Entretanto, a agência tem algum financiamento, mas terá de continuar a funcionar com o orçamento do ano passado até ao prazo final de 2 de Fevereiro.