Fevereiro 20, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Não há “bolha” imobiliária portuguesa – Portugal News

Não há “bolha” imobiliária portuguesa – Portugal News

As vendas de casas na União Europeia (UE) estão a cair devido ao fraco poder de compra e às elevadas taxas de juro dos empréstimos à habitação. Segundo dados do Eurostat, este arrefecimento da procura refletiu-se na evolução dos preços das casas em vários países, como a Alemanha, onde caíram 10,2% no terceiro trimestre de 2023. Como resultado, os preços das casas caíram 1% na UE e 2,1% na zona euro.

Mas também houve Estados-Membros onde os preços das casas continuaram a subir, como em Portugal (+7,6%). De acordo com um relatório IdealistaEm Portugal “a correlação entre os mercados imobiliário e de crédito pode ser menor do que noutros países” porque uma grande proporção de portugueses que possuem casa própria (cerca de 80% da população) já não paga crédito à habitação.

Este aumento contínuo dos preços das casas em Portugal levou a Comissão Europeia a alertar que “os preços das casas em Portugal estão grosseiramente sobrestimados”. E existe o risco de “uma correção futura ainda mais pronunciada” nos preços se “as condições económicas se deteriorarem”.

No entanto, a DBRS afirma que não há bolha imobiliária em Portugal. Com uma “carência crónica de habitação”, uma baixa taxa de desemprego e um aumento do saldo migratório, os analistas da DBRS Morningstar afirmam que há “baixas probabilidades” de uma queda repentina dos preços das casas em Portugal. Por esta razão, acreditam que “os preços não estão numa ‘bolha’, mas provavelmente atingirão um ‘teto’”, concluem num novo estudo.

Mas “na Idade Média, [price] A dinâmica pode mudar”, o que dependerá de “manter a inflação sob controlo, o que deverá levar a taxas de juro mais baixas e ao atual abrandamento económico, especialmente na Zona Euro, que deverá ser relativamente de curta duração”.

READ  O Black Down Festival e o Metaverse Fashion Council estão capacitando os participantes com experiências de moda de ponta em Portugal neste verão.

O fim dos incentivos fiscais para expatriados também aliviará a pressão criada pela procura excessiva de habitação internacional. Segundo a DPRS, “as recentes alterações introduzidas na tributação dos residentes não habituais, bem como o fim da emissão de novos vistos gold, poderão reduzir a procura externa de imóveis portugueses”.