Author

Daniel Abrunheiro

Daniel Abrunheiro has 169 articles published.

Opinião

Rosário Breve – Fora, Pedro! Bem-vindo, Tomé!

Ando há tempos para V. dar conta de dois livros intimamente ligados a Santarém cuja leitura fiz com zelo, lápis, agrado e proveito. Ainda não vai ser desta. E ainda não vai ser desta porque a chaga incendiária – que nos mata tanta gente, nos destrói tantas habitações, nos arrasa tantas matas e nos pulveriza… Continuar a ler

Opinião

1 Descalço, saltei do muro para a banda do monte, cortei-me no pé direito, sangrei muito – e ainda sangro. Não singro, mas sangro. 2 Abraçava os meus cães & os alheios, beijava-os no rosto, sentia deles o frémito humano, olhos de quem entendia o que se lhes dava: como tão pouca gente-gente entende. Ou… Continuar a ler

Opinião

Rosário breve – Adeus, campo da Senhora das Neves

Foi há 35 anos que conheci o meu querido Amigo A.L.C. Jogámos à bola com o mesmo emblema ao peito umas várias temporadas. Hoje em dia, ele é candidato a presidente da junta de freguesia do seu nascimento e residência. Quis e veio conversar comigo a propósito desse seu propósito. Mostrou-me fotografias. A do nosso… Continuar a ler

Opinião

Rosário breve – Vinde daí comigo à Avenida

Deveria ter menos de trinta anos, o rapaz de rosto hirsuto que vasculhava o contentor do lixo. Foi na zona intermédia da Avenida, à sombra dos plátanos poeirentos que filtram a luz inclemente do Sol. Procurava talvez a fortuna por ele perdida nalgum desvão desses que a vida funda & afunda, sem clemência ela também.… Continuar a ler

Opinião

Rosário breve – Da minha suspensa Escola

O nascente ano lectivo não conta com a minha velhinha Escola Primária. Fiquei a sabê-lo por estes dias. Naturalmente, a notícia quedou-me melancolia. Pouquíssimas crianças, parece. Oficialmente, a Escola não foi encerrada. Está suspensa. Todavia, o caminho parece certo: a extinção definitiva. Quando ainda recenseado na minha freguesia de nascimento, era à minha Escola que… Continuar a ler

Opinião

Rosário Breve – Geografia do deserto

A geografia dos meus mais recentes tempos tem sido cartografada e sulcada por gente tão mais interessante quão mais comum. O padeiro octogenário de malicioso sorriso sempre pronto, sábio, mordaz, lúcido, ladino; o mecânico jovem que logrou reencaminhar a vida após anos de pó-castanho com limão & colher; o derradeiro de três filhos daquele casal… Continuar a ler

Opinião

Rosário Breve – Abaixo Agosto, viva Outubro

1 O Jornal recomeça(-se), acaba-se-nos Agosto. O Jornal é bom, o mês foi mau. Enegrecido de incêndios dotados da ubiquidade mesma do Diabo, legou-nos 31 dias de pesadelo com que não vale a pena sonharmos sequer. Não o saudarei na lembrança. Refiro-me ao (contr)Agosto, naturalmente. Quanto ao Jornal, saúdo-o sim & sempre na pessoa do/da… Continuar a ler

Opinião

Rosário Breve – Fala o queixinhas armado em Lord

Estou feito um bota-de-elástico de alto-lá-com-charuto-e-pára-o-baile. Verdade. Não sem ingenuidade, resisto às modernices trazidas de revoada por aquilo a que antigamente chamavam futuro mas que afinal não passa de hoje. Exemplo: a hamburguerização plastificante de tudo e mais alguma coisa. Onde antigamente eu tinha a minha tasca de petiscos portugueses, tenho hoje o estanco de… Continuar a ler

Opinião

Rosário breve – Elogio do caruncho

1 Esta edição sai a 3 de Agosto. Pois muito bem: é uma rica data. Não me refiro propriamente ao corrente terceiro dia do oitavo mês do ano 2017. Não. Reporto-me a exactamente 49 anos. O dia 3 de Agosto de 1968 foi um dos mais felizes dias de toda a História de Portugal. É… Continuar a ler

1 2 3 19
0 0.00
Ir para Topo