Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo aporta a Santarém este fim de semana

em Cultura

Nesta sexta etapa que tem partida da Azinhaga, o Cruzeiro deverá chegar cerca das 11h30, à antiga aldeia avieira da Barreira da Bica, em Vale de Figueira. A União de Freguesias de São Vicente do Paul e Vale de Figueira, no concelho de Santarém, está a organizar um lanche partilhado para assinalar a passagem do VI Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo pela frente ribeirinha da freguesia. A iniciativa, aberta à participação de toda a população, realiza-se na antiga aldeia avieira da Barreira da Bica, em Vale de Figueira, no dia 9 de junho, a partir das 10 horas, estando a chegada dos barcos do cruzeiro prevista para as 11h30. O Cruzeiro prossegue no concelho de Santarém, com paragens na Ribeira de Santarém às 13h30, no Alfange às 15h30 e o final da etapa nas Caneiras. No domingo, o Cruzeiro irá partir das Caneiras às 10h30 em mais uma etapa que passará por Benfica do Ribatejo, Porto de Sabugueiros, Porto de Muge e Valada onde tem lugar uma procissão noturna.
Iniciado no dia 31 de Maio, em Malpica do Tejo, concelho de Castelo Branco, o VI Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo, terminará na Marina de Oeiras no dia 24 de Junho.
Organizado pela associação Confraria Ibérica do Tejo, o VI Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo é uma peregrinação fluvial de carácter religioso e cultural que tem como objetivos reforçar a identidade das comunidades, aproximando-as através da partilha cultural e religiosa; aproximar as comunidades do rio Tejo para usufruírem da sua riqueza; e transformar as comunidades ribeirinhas em elementos divulgadores das enormes potencialidades do rio na área do Turismo Sustentável e das Culturas a ele associadas.Segundo a organização, o cruzeiro pretende “celebrar e lembrar a memória do Tejo quando era um espaço a fervilhar de atividade e a verdadeira autoestrada para o transporte de mercadorias e de pessoas. Que ao longo do tempo foi perdendo a sua importância e atividade no transporte de bens e pessoas”.
Com um percurso de mais de 250 quilómetros, o cruzeiro tem 12 etapas e 53 paragens, e ao longo das etapas conta com a participação de mais de 8.000 mil pessoas e 240 embarcações, a exemplo do que aconteceu no ano passado. O Cruzeiro integra a candidatura da Cultura Avieira a Património Mundial, contando este ano com o apoio de mais de 150 entidades ao longo do Tejo, entre câmaras, freguesias, paróquias e associações.
A 8ª Etapa, terá partida no próximo sábado, 16 de junho, às 10h00 no Escaroupim, passando pela Palhota às 10h30 e chegada ao meio-dia ao Porto da Palha na Azambuja. A 9ª Etapa tem lugar no domingo, 17 de junho, com saída às 10h00 do Porto da Palha, passagem às 12h00 pela Valam do Carregado, e chegada às 13h30 a Vila Franca de Xira. A 10ª Etapa, sexta, 22 de junho, 17h00 Vila franca de Xira, 18h00 Alhandra. A 11ª Etapa, sábado, 23 de junho, 16h00 Alhandra, 17h00 de Póvoa de Santa Iria. A 12ª Etapa, domingo, 24 de junho, 9h00 de Póvoa de Santa Iria, 11h00 Moita, 14h00 Lisboa, 16h00 Paço de Arcos, 18h00 Oeiras onde chega ao final o Cruzeiro.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Ultima de Cultura

AMAR O AZEITE

Na próxima edição do Festival Nacional de Gastronomia o Azeite será o
0 0.00
Ir para Topo