dezembro 1, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Ellalink vai construir cabo de 4,3 petabits em Portugal

Um cabo submarino de 4,3 Petabits fortalecerá o ecossistema de data centers de Portugal e fortalecerá a posição do país como a porta de entrada nº 1 para o sul da Europa

Comunicado de imprensa EllaLink
28 de outubro de 2022

EllaLink, cabo submarino de fibra ótica de alta capacidade e baixa latência que liga diretamente a Europa à América Latina, anuncia a criação de uma ligação direta entre Sines e a área metropolitana de Lisboa – O sistema Olísibo.

O sistema Olisipo foi projetado para conectar todos os desembarques submarinos internacionais em Portugal aos principais data centers da região com uma infraestrutura segura e preparada para o futuro de vários petabits.

Este novo cabo submarino de fibra óptica vai aterrar em Carcavelos e Sines e ramificar-se nas estações de aterragem do cabo Seixal e Sesimbra e estar pronto para ligar a área de Setúbal.

Uma capacidade total de projeto de 4,3 petabits de 110 km de cabo totalmente enterrado não repetido compreendendo 288 fibras.

Além disso, a resistência do cabo será implementada por meio de atenção específica dada à engenharia de rotas, com atenção especial ao cruzamento de cabos, estratégia completa de enterramento marítimo e terrestre, blindagens completas de cabos e proteção adicional da costa através de tubos perfurados em tendões.

O sistema Olissipo fornecerá conectividade POP-to-POP direta ao nível de par de fibra entre os principais data centers localizados em Sines e a área metropolitana de Lisboa, que serão ligados no primeiro dia. Data Centers Start© Campus NEST em Sines e Altice LDV em Lisboa.

A rota do cabo submarino de Olisipo está a atrair a atenção de grandes players do mercado.

Com este novo desenvolvimento de cabos, a EllaLink destaca sua abertura para integrar clientes âncoras adicionais com o objetivo de fazer parceria para a expansão e construção de um link muito importante.

“A Olisipo dá continuidade à visão da EllaLink de ter Sines como um dos hubs de interligação mais importantes da Península Ibérica e estende o nosso cabo desde o EllaLink Vascoda Gama CLS em Sines até à área metropolitana de Lisboa. A relação simbiótica entre sistemas de cabos submarinos e data centers está no centro de como esses negócios prosperam e sobrevivem. O principal papel do sistema de cabos Ellalink e dos data centers aos quais ele se conecta é conectar e transportar tráfego entre Brasil e Portugal, em toda a Europa e, eventualmente, em todo o mundo! Tanto Sines como Lisboa já são vistas como portas de entrada desejáveis ​​para a Europa e podem competir com os principais hubs europeus. Philippe DumontCEO na EllaLink

Espera-se que a Olisipo esteja pronta para serviço em 2024.

READ  Litler continua a crescer globalmente e aprofunda a presença europeia em Portugal com expansão - Global Legal Chronicle