Dezembro 8, 2023

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Chefe da TAP otimista com Portugal aprova plano de privatização |  notícias

Chefe da TAP otimista com Portugal aprova plano de privatização | notícias

O presidente-executivo da TAP Air Portugal, Luis Rodríguez, espera concluir a privatização da transportadora até o próximo ano, já que o governo de Portugal deverá apoiar um mandato que cubra o seu processo de venda planejado amanhã.

Portugal está a trabalhar para finalizar os planos de reprivatização da TAP, que anteriormente vendeu uma participação na companhia aérea ao Atlantic Gateway Consortium, liderado por David Neelmann. O gabinete aprovará esta portaria na reunião de gabinete a ser realizada em 28 de setembro.

Falando hoje no Festival Mundial de Aviação, em Lisboa, Rodriguez disse que a reunião de 28 de setembro foi um “grande dia” devido ao resultado esperado. “Todos nós que temos estado envolvidos com questões políticas sabemos que este é mais um passo… mas há sempre outro passo. Mas espero que finalmente funcione. Sou um grande defensor da privatização, por isso espero que ela desapareça no próximo ano [through],” ele diz.

A TAP registou um forte aumento na sua situação financeira desde a pandemia. No ano passado, a transportadora registou o primeiro lucro líquido desde 2017, e a TAP obteve um lucro líquido de 22,9 milhões de euros (24,9 milhões de dólares) no primeiro semestre do ano, uma melhoria significativa em relação às perdas anteriores.

“Estamos vendo agora resultados sólidos pelo segundo ano consecutivo”, diz Rodriguez. “Em tempos muito desafiantes, lançámos a ideia de tornar a TAP numa das companhias aéreas mais atrativas do mundo. Atrativa para as suas pessoas… atrativa para os seus clientes e atrativa para os seus investidores.

Os três grandes grupos aéreos europeus manifestaram interesse em adquirir a TAP privatizada, embora todos aguardem detalhes das condições associadas ao processo.

READ  O ministro espanhol do Turismo incentiva o desenvolvimento das ligações de transporte entre Espanha e Portugal

Essa posição foi sublinhada pelo CEO do Grupo IAG, Luis Gallego, que falou durante o Festival Mundial de Aviação.

“Começamos o IAG como uma plataforma de integração”, diz Gallego. “Estamos sempre abertos a manter as melhores empresas, as melhores marcas no nosso portefólio. Queremos ver as condições da privatização da TAP porque penso que será interessante para ambos.

Isso ecoa os comentários do presidente-executivo do Grupo Air France-KLM, Ben Smith, falando durante uma teleconferência sobre os resultados do segundo trimestre no final de julho. “Dependendo das condições, dependendo do que o governo português divulgar, vamos acompanhar de perto. Estamos interessados ​​e vamos ver como se desenrola”, disse.

Smith destacou como a base sul da TAP será uma “adição complementar” ao grupo. Nomeadamente, tanto a IAG como a Lufthansa já estão a tomar medidas para aumentar a sua presença no sul da Europa.

A IAG está a fazer uma nova oferta para assumir o controlo da transportadora espanhola Air Europa – uma medida que foi posta em prática antes da pandemia. Enquanto isso, a Lufthansa fechou um acordo no início deste ano para assumir o controle da companhia aérea italiana IDA Airways. Ambas as medidas aguardam a aprovação dos reguladores europeus.

Tanto a Air Europa quanto a ITA são membros da SkyTeam e, se adquiridas, poderão ingressar nos campos Oneworld e Star Alliance, respectivamente. A mudança da Air France-KLM para a TAP, membro da Star Alliance, ajudará a aumentar a presença da SkyTeam no sul da Europa e compensará a perda dos seus atuais membros espanhóis e italianos.