Julho 19, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Fãs de Taylor Swift se reúnem para um show mais legal no Rio após a morte de um fã

Fãs de Taylor Swift se reúnem para um show mais legal no Rio após a morte de um fã

RIO DE JANEIRO (Reuters) – Fãs da cantora Taylor Swift se dirigiram para seu tão aguardado show no Rio de Janeiro no domingo, depois que o show de sábado foi adiado no último minuto devido às altas temperaturas, depois que um fã morreu no calor do dia. anteriormente.

As temperaturas caíram significativamente no domingo, após dois dias de calor recorde na segunda maior cidade do Brasil. Os torcedores do lado de fora do Estádio Nilton Santos esperavam que o show de domingo acontecesse conforme planejado.

“Ontem foi cancelado, fiquei um pouco apreensiva com o dia de hoje, mas espero que tudo corra bem”, disse Yasmine Moreira Oliveira aos vendedores na frente dos vendedores. “Hoje não está quente, está frio. As expectativas são altas porque está tudo indo bem .” Guarda-chuvas e capas de chuva para proteção contra a chuva esperada.

Na primeira noite da turnê “The Eras Tour” de Swift no Rio, na sexta-feira, Ana Clara Benevides, de 23 anos, adoeceu e morreu mais tarde no hospital.

A tragédia levou o governo federal a ordenar que o organizador do evento T4F (SHOW3.SA) garantisse o acesso à água em todos os shows de Swift no Brasil e a emitir uma diretriz permitindo que garrafas de água fossem trazidas para todos os shows a partir de agora.

A T4F afirmou no sábado que iria reforçar o seu plano de ação para o evento, com especial enfoque no fornecimento de água gratuita nas filas e em todas as entradas e saídas do estádio, permitindo a entrada com copos de água selados, garrafas de plástico flexíveis e alimentos processados ​​selados.

O adiamento de sábado, que Swift anunciou apenas duas horas antes de subir ao palco, irritou muitos torcedores que já haviam ido ao estádio, alguns de diferentes estados e países.

“Tinha gente chorando, fazendo birra, torcendo para que fosse tudo mentira”, disse o estudante Victor Guimarães, que no domingo voltou a esperar na fila para assistir a apresentação do cantor. “Resumindo, foi terrível”.

Enfrentando temperaturas escaldantes, o fã-clube brasileiro Update Swift Brasil procurou grandes empresas de água para doações para melhorar as condições no local. Os torcedores receberam feedback positivo da Menalba Brasil, que distribuiu garrafas de água gratuitamente na área do estádio no domingo.

“Foi um donativo da empresa, influenciado pelos acontecimentos do dia anterior e pela onda de calor”, disse Cristina Larrode, diretora de marketing da Minalba, acrescentando que a iniciativa se repetirá na feira de segunda-feira, com uma entrega total de 65 mil. Garrafas de água.

O show de segunda-feira de Swift no Rio substituirá o show adiado de sábado, e a cantora ainda está programada para se apresentar em São Paulo de 24 a 26 de novembro.

Ondas de calor extremas, atribuídas ao El Niño e ao aumento das temperaturas globais, atingiram vários estados brasileiros, com temperaturas excedendo as médias históricas desde julho, segundo o Instituto Meteorológico Nacional.

Reportagem de Sergio Quiroz, texto de Marcela Ayres, edição de Chris Reese e Bill Berkrot

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

Obtenção de direitos de licenciamentoabre uma nova aba