Março 4, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Espanha e Portugal prevêem crescimento da zona euro em 2023

Espanha e Portugal prevêem crescimento da zona euro em 2023

Espanha e Portugal terão um desempenho superior ao das principais economias europeias em 2023, ajudando a zona euro a evitar uma recessão no ano passado, mostraram dados oficiais na terça-feira.

A economia espanhola cresceu 2,5% no ano passado, mostraram dados preliminares da agência nacional de estatísticas INE, à medida que o principal sector do turismo do país recuperava fortemente de anos de perturbações causadas pela pandemia.

No vizinho Portugal, a economia cresceu 2,3%, à medida que o crescimento do PIB acelerou no final do ano passado, beneficiando de uma recuperação no turismo.

Isto compara-se com o crescimento de 0,9 por cento em França e com o crescimento de 0,7 por cento em Itália. A Alemanha, a maior economia da zona euro, encolheu 0,3%.

Anúncio – Role para continuar

“Graças ao crescimento sólido em Espanha e Portugal e a outra surpresa ligeiramente positiva da Itália, a zona euro evitou o risco de uma recessão técnica no final do ano passado”, escreveu o economista-chefe do Berenberg, Holger Schmiding, num relatório.

O primeiro-ministro socialista Pedro Sánchez disse que o número de crescimento de 2023 “excede todas as expectativas”, X, anteriormente no Twitter, dizendo que “demonstra que o crescimento económico, a criação de empregos e as medidas para proteger os cidadãos e as empresas podem ser combinados”.

O seu governo previu um crescimento de 2,4 por cento, enquanto a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), com sede em Paris, previu uma expansão de 2,3 por cento.

Anúncio – Role para continuar

Espanha, o segundo país mais visitado do mundo depois da França, recebeu mais de 84 milhões de turistas estrangeiros no ano passado, um aumento de 19% em relação a 2022, à medida que o sector recuperava fortemente de anos de perturbações causadas pela pandemia.

READ  Aterragem de emergência para voo de Lisboa

O turismo é importante para a economia nacional, representando 12,8 por cento do PIB em 2023.

O governo espanhol aumentou os gastos sociais para ajudar as famílias a lidar com o aumento dos preços em 2022, depois da invasão da Ucrânia pela Rússia ter aumentado os preços ao consumidor, introduzindo medidas como descontos em viagens urbanas e reduções nos impostos sobre vendas de alimentos.

Anúncio – Role para continuar

“A economia espanhola mostra que é mais resiliente do que no passado”, disse à AFP Pedro Aznar, professor de economia da escola de negócios Esade.

Mas alertou que há “nuvens no horizonte”, como a necessidade de cortar gastos públicos e a queda da produtividade do trabalho.

O governo espanhol comprometeu-se a reduzir o défice orçamental para 3,0 por cento do PIB em 2024 – dentro dos limites da UE – face à estimativa do ano passado de 3,9 por cento.

Anúncio – Role para continuar

Portugal também enfrenta ventos contrários ao enfrentar eleições gerais antecipadas em 10 de março, que as pesquisas sugerem que resultarão num parlamento fraturado.

“Será difícil formar um governo estável após as eleições gerais de março”, disse o economista Pedro Brace Teixeira, chefe de pesquisa do Grupo Empresarial para a Competitividade.

Prevê-se que o crescimento económico português desacelere entre 0,9% e 1,3% em 2024.

vab-tsc/ds/rl