outubro 23, 2021

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Bolsonaro, do Brasil, diz que está "entediado" com as perguntas do COVID-19 sobre o número de mortos

Bolsonaro, do Brasil, diz que está “entediado” com as perguntas do COVID-19 sobre o número de mortos

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse na segunda-feira que não queria ficar “entediado” com perguntas sobre o alto número de mortos do COVID-19 no país. Relatado pela Reuters.

Quando questionado sobre as 600.000 mortes por COVID-19 no Brasil, Bolsonaro disse: “Em qual país não morreram pessoas? Diga-me!”

O Brasil é o segundo país a atingir uma fase sombria depois dos Estados Unidos.

“Olha, eu não vim aqui para ficar entediado”, acrescentou.

Até o momento, 6.01011 pessoas morreram de COVID-19 no Brasil, com mais de 21,5 milhões de casos de infecção.

O Brasil está lutando para controlar o aumento das infecções por coronavírus, com uma grande parte da população culpando Bolsonaro e a forma como seu governo está lidando com a pandemia. uma O relatório anterior menciona Sua popularidade atingiu um novo mínimo antes da eleição presidencial do próximo ano.

Bolsonaro também foi acusado de espalhar desinformação sobre o coronavírus com vários médicos do país alegando que O presidente minimiza a gravidade da epidemia.

Ele também disse repetidamente que não receberá uma vacina contra o coronavírus.

“Não vou tomar a vacina e ponto final”, disse ele em uma entrevista à TV em dezembro. independente. “Você acha que minha vida está em perigo? Esse é o meu problema, ponto final.”

Ele também disse no ano passado que seria “o último brasileiro” a se vacinar e não impor nenhum tipo de mandato vacinal ao povo brasileiro.

No mês passado foi forçado ao isolamento Pouco depois de quebrar as regras e comparecer à Assembleia Geral da ONU sem ser vacinado. Um de seus assessores testou positivo para o coronavírus após a manifestação.