outubro 23, 2021

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Saint Charles exige que todos os visitantes do hospital e da clínica sejam totalmente vacinados

(Atualização: Mais detalhes da porta-voz do Saint Charles, Absalon diz 56 mortes na área no mês passado)

A partir de 18 de outubro, apenas visitantes não vacinados são permitidos em ‘circunstâncias excepcionais’.

BEND, Ore. (KTVZ) – Para proteger ainda mais seus pacientes e cuidadores durante a pandemia COVID-19, o St. Charles Health System anunciou na terça-feira que em breve exigirá que os visitantes de qualquer um de seus hospitais ou clínicas sejam totalmente vacinados.

A partir de segunda-feira, 18 de outubro, visitantes só serão permitidos se fornecerem evidências aceitáveis ​​de que receberam suas vacinas completas. Este é o dia em que todos os profissionais de saúde devem ser totalmente vacinados pelo estado de Oregon.

“Nós sabemos o papel importante que os visitantes e pessoas que dão apoio desempenham no processo de recuperação de um paciente”, disse o Dr. Jeff Absalon, diretor médico do sistema de saúde. No entanto, em toda esta pandemia, a segurança tem sido nossa prioridade. Com isso como um guia para nós, tivemos que fazer alterações em nossa política de visitantes para manter nossos pacientes, cuidadores e outros seguros. “

Uma pessoa é considerada totalmente vacinada se pelo menos duas semanas se passaram desde que recebeu sua segunda dose de uma série de duas doses (Pfizer ou Moderna) ou uma vacina de dose única (Johnson & Johnson).

A evidência aceitável de vacinação é:

  • Cartão de registro de vacinação Covid-19
  • Uma cópia ou cópia digital da carteira de vacinação
  • Uma cópia impressa do Registro de Imunizações da Autoridade de Saúde do Oregon
  • Captura de tela ou cópia impressa de um prontuário eletrônico mostrando o status de vacinação
  • Crachá do Sistema de Saúde Saint Charles com pôster de vacinação COVID
READ  Estudo: as formigas criam túneis estáveis ​​em ninhos, assim como os humanos que brincam de jinga

Visitantes não vacinados só serão permitidos em circunstâncias excepcionais. Isso pode incluir um visitante de um paciente no final de sua vida, os pais de um paciente pediátrico, uma “pessoa solidária” conforme definido pela lei do Oregon ou um trabalhador de resposta de emergência que pode precisar ser internado em um hospital ou clínica durante dever.

Atualmente, os pacientes com teste positivo para COVID-19 não podem receber visitas. O sistema de saúde disse que isso vai continuar, independentemente da situação de vacinação do visitante. Visitas virtuais para pacientes com COVID-19 ainda são incentivadas para apoiar a participação da família.

Todos os outros pacientes têm direito a pelo menos um visitante totalmente vacinado por dia, desde que o visitante tenha 12 anos ou mais. O mesmo visitante pode entrar e sair no mesmo dia.

“Não queremos nada mais do que voltar ao normal, mas ainda não chegamos lá”, disse Absalon. “Como sistema de saúde, devemos continuar a ser extremamente vigilantes sobre o controle da propagação do vírus em nossas instalações. Devemos isso aos nossos pacientes, muitos dos quais são clinicamente frágeis, e aos nossos cuidadores que trabalham duro, que se dedicam a arriscar todos os dias para cuidar da nossa comunidade. “

“Estamos vendo um grande aumento no número de pacientes COVID-19 em nossa área e em nossos hospitais”, disse Absalon ao NewsChannel 21. a totalidade desta epidemia. E para compartilhar com vocês, em setembro passado, tivemos 56 mortes em nossa área de COVID-19, que é o máximo que vimos em qualquer mês durante a pandemia. “

Em declarações ao NewsChannel 21, a porta-voz Lisa Goodman explicou: “Os pacientes não precisam ser vacinados, mas os visitantes sim. Isso se aplica a qualquer instalação em St. Charles, seja um hospital ou clínica, portanto, esta política se aplica a pacientes ambulatoriais.”

READ  SpaceX ganha contrato para lançar satélite meteorológico após a retirada da ULA

Em resposta ao cenário do paciente de Alzheimer, comentado no KTVZ.COM, Goodman disse: “O paciente será permitido, mas o acompanhante não (se não vacinado) a menos que seja considerado uma ‘pessoa auxiliar’ sob a lei do Oregon.”

(Ela disse que uma “pessoa de apoio” é um membro da família, tutor, assistente de cuidados pessoais ou outro acompanhante pago ou não pago escolhido pelo paciente para ajudá-lo física ou emocionalmente ou para garantir uma comunicação eficaz com o paciente.)

Goodman também confirmou na terça-feira que cerca de 90% da força de trabalho do Sistema de Saúde St. Charles agora está totalmente vacinada ou tomou suas primeiras injeções de COVID-19, contra 76% em julho. Segundo ela, o sistema de saúde ainda está analisando os pedidos de isenção de vacinas, mas o sistema hospitalar conta agora com cerca de 800 vagas, ante 600 há quatro meses.