Abril 22, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Marrocos é o primeiro convidado de honra do Festival MED em Portugal

Marrocos é o primeiro convidado de honra do Festival MED em Portugal

Marrocos será o primeiro convidado de honra do Festival MED, de 27 a 30 de junho de 2024, em Loulé, região do Algarve (Sul de Portugal). O anúncio foi feito durante a Feira de Turismo da BTL, em Lisboa. Artistas participantes do festival deste ano.

Este evento musical de verão introduzirá uma mudança significativa ao ter um país convidado por edição. O Reino de Marrocos foi escolhido principalmente com o objectivo de expressar “a sua cultura e tradições através da música, do artesanato, da gastronomia, da literatura e de outros meios culturais”. Meios de comunicação portugueses.

Entre os primeiros artistas confirmados para o festival deste ano estão Om (Marrocos), Afrotronics (Chat), Anthony B (Jamaica) e muitos outros artistas internacionais.

Carlos Carmo, vereador de Loulé e diretor do Festival MED, falou sobre a decisão de apostar no país vizinho a sul. “A nossa identidade cultural e património histórico estão intimamente ligados às tradições árabes que sobrevivem no nosso território. Loulé tem uma forte influência árabe, sendo a única casa de banhos totalmente islâmica conhecida na Península Ibérica.

Loulé, uma cidade mercantil, está localizada no sul de Portugal. Este encontro histórico das civilizações africana, árabe, amazigh, ibérica e europeia moldou as culturas da orla mediterrânica. “Além disso, reforçou os laços com Marrocos, pelo que este desafio fazia todo o sentido”, acrescentou Garmo.

Durante o festival será recriado um souk (mercado) no claustro do convento Espírito Santo de Loulé. Os festivaleiros poderão vivenciar a atmosfera autêntica de Marrocos através de uma experiência imersiva de decorações, cheiros e sabores, música e danças, segundo uma nota de imprensa do município de Loulé.

A cozinha e gastronomia marroquina serão um dos destaques desta edição, oferecendo sessões de degustação de pratos típicos como tagines, cuscuz e o tradicional chá de menta.

No total, a edição de 2024 deverá oferecer 90 horas de música ao vivo, divididas em 54 concertos em 12 palcos, com a participação de 358 músicos de 30 países.