Maio 23, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Aumentam reclamações bancárias – Portugal News

Aumentam reclamações bancárias – Portugal News

Crédito não reconhecido, fraude e cobranças desnecessárias são os principais motivos de reclamações dos consumidores. CGD, Cartão Universo e MB WAY são os mais visados. No entanto, é Banco de Portugal Foi o que registou o maior aumento no número de reclamações, mais 80% face ao ano anterior, com as alegações de fraude a motivarem 47,4% das reclamações.

Os consumidores portugueses registaram 1.805 reclamações junto do banco no Portal da Quixa no primeiro trimestre de 2023, face ao mesmo período de 2023, quando foram reportadas 1.519 reclamações.

Entre os principais motivos de reclamações, destaca-se o crédito desconhecido, responsável por 32,6% das ocorrências. Sem o conhecimento do usuário, os consumidores indicam valores debitados erroneamente. O segundo motivo mais relatado foi a fraude (13,4%), com os consumidores relatando terem sido vítimas de fraude no cartão de crédito ou na conta.

10,9% das reclamações tiveram origem em cobrança indevida de taxas ou encargos. Já 5% das reclamações são questões de reembolso, ou seja, reembolso do valor debitado.

Com peso de 4,5% do total do primeiro trimestre, o motivo é: Cancelamento de cartão ou serviço Os consumidores apontam a dificuldade de cancelar serviços vinculados a cartão ou conta, como seguros e empréstimos.

De acordo com os dados analisados, na categoria de bancos, a Caixa Geral de Depósitos foi a instituição bancária com maior número de reclamações no primeiro trimestre: 27,8%. Seguem-se o Banco de Portugal e o ActivoBank com 10,9% e 10,6%, respetivamente.

No segmento de cartões de crédito, a Podium pertence ao Universo Card, absorvendo 78,3% de participação. O cartão WiZink foi alvo de 21,5% das reclamações e o cartão El Corte Inglés arrecadou 0,2%.

Para a categoria Fintechs, Soluções de Pagamento Electrónico + Bancos Digitais e Apps Financeiras, a análise revela que as 3 empresas mais reclamadas são MB WAY (30,8%), Hipay (22,3%) e Moey (11,5%).

Segundo uma análise do Portal da Queixa, a empresa que registou o maior aumento no número de reclamações foi o Banco de Portugal, com um aumento de cerca de 80% no número de reclamações. As alegações de fraude foram o motivo mais citado este ano, representando 47,4% das reclamações regulatórias.