agosto 19, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Tondela foi derrotado pelo Porto por 3-0 na Supertaça de Portugal

O Porto acrescentou mais um troféu ao gabinete após uma vitória rotineira por 3-0 sobre o Tondela na Supertaça. Mehdi Taremi e Evanilsson marcaram aos três minutos e fizeram o 2-0 ao intervalo.

Danny Lowder teve uma partida rara pelos Dragões, mas foi consistentemente negado por Babacar Niasse, que manteve o placar respeitável. A nova contratação Gabriel Veron foi um substituto tardio e marcou na última chance do jogo.

Sergio Conceição atingiu um marco notável em Aveiro ao conquistar o oitavo troféu pelo FC Porto, superando Artur Jorge que conquistou sete títulos entre 1985 e 1991.

Tondela com duas oportunidades iniciais

Tondela teve a primeira chance da partida quando Pepe derrubou Pepe fora da área de 18 jardas. Delmo Arcanjo provocou uma cobrança de falta para a área de perigo, mas não houve artilheiros.

Não demorou muito para o Porto mostrar sua força com Danny Lowder liderando o caminho. O seu primeiro remate foi desviado ao lado por Mehdi Taremi e a sua segunda cabeçada de um canto viu Babacar Niasse mergulhar a toda a velocidade e derrubá-lo ao lado.

Arcanjo disparou um chute fraco sobre Agustin Marchesin, o mais próximo que Tondela esteve de um goleiro argentino pelo resto da partida.

Sérgio Conceição não perdeu tempo em continuar sua batalha com os árbitros, com Manuel Motta cartão amarelo ao técnico por dissidência aos 8 minutos.

Niasse se tornou uma figura chave no jogo, apenas para ser liberado por um brilhante cabeceamento de Teremi para Evangelsson.

O Porto monopolizou a posse de bola e o Tondela continuou com o pé atrás, estabelecendo firmemente o padrão do jogo. Mateus Uribe atirou direto em Niasse, que momentos depois derrubou o chute de Loader no tatame à queima-roupa.

READ  O número de estrangeiros em Portugal voltou a aumentar

A resistência foi quebrada

O Porto assumiu a liderança no canto seguinte, aos 30 minutos. O passe de Jono Mario foi desviado para o segundo poste por Evanilsson, que foi desmarcado por Teremi e finalizou simples.

Três minutos depois, a força de ataque do Porto combinou mais uma vez para fazer o 2-0. Taremi disparou pela defesa de Tandela, o seu remate bateu no poste de Niasse e a bola voltou a ser jogada, onde Evanilsson reagiu rapidamente para marcar à queima-roupa.

João Mário estava com bastante espaço na ala direita e Naoufel Khacef mostrou sua frustração com uma entrada que lhe valeu o cartão amarelo.

A batalha pessoal de Loader com Niasse não deu sinais de abrandar, com o avançado inglês de 21 anos a encontrar-se, mas incapaz de bater o remate de Tondela à beira do intervalo.

Evanilsson abriu caminho para Toni Martinez no contra-ataque e o Porto manteve a pressão. Loader marcou um gol relutante aos 50 minutos e depois teve outra chance.

Depois disso, a partida ficou mais difícil, desacelerada por cartões amarelos e as chances foram difíceis. Conceição fez duas trocas aos 70 minutos, Marko Krujic e Loader dando lugar a Stefan Eustáquio e Galeno.

Theremi em dobro

O Porto continuou a testar, incapaz de criar oportunidades até aos 82 minutos. Até então Taremi venceu por 3-0. Foi mais uma corrida solo do atacante iraniano, passeando por uma defesa inexistente, Niaz conseguiu um chute, mas não conseguiu impedir que a bola batesse nas redes.

Conceição fez duas mudanças finais aos 87 minutos, com Aquino dando lugar a Bruno Costa e Taremi sendo substituído pelo reforço de verão Gabriel Veron.

Galeno errou o canto superior de longe na prorrogação e Verone teve a última chance do jogo com seu cabeceamento.

READ  Novo projeto habitacional para a Madeira

O plantel do Porto está a ganhar forma

Numa época em que três jogadores importantes deixaram o Porto, Chancel Mbemba foi para o Marselha a custo zero, Vitinha foi para o Paris Saint-Germain por 41,50 milhões de euros e Fabio Vieira foi vendido ao Arsenal por 35 milhões de euros.

O clube reforçou a defesa central ao transferir dois jovens de 22 anos para o Estádio do Drago, 20 milhões de euros para David Carmo do Braga e 550 mil euros para João Marcelo do Dombense na Série B brasileira.

Dois meio-campistas emprestados na temporada passada tornaram-se contratos permanentes, com Marko Krujic do Liverpool por 9 milhões de euros e Pasos de Ferreira por Stefan Eustaquio por 3,5 milhões de euros. O atacante brasileiro Gabriel Veron, de 19 anos, assinou com o Palmeiras por € 10,50 milhões.

Manafa é o único jogador lesionado da Supertaça, com Diogo Costa, David Carmo, Fabio Cardoso e Odavio suspensos.

Cinco jogadores foram promovidos da equipe B; O lateral-direito Rodrigo Conceião, os meio-campistas Bernardo Folha, Vasco Sousa, o ala Gonchalo Borges e o atacante Danny Loader.

Lowder é o candidato claro para mais tempo de jogo nesta temporada. Evanilson e Mehdi Taremi tiveram duas temporadas para desenvolver o entendimento e vão aterrorizar as defesas na Primeira Liga.

Tondela volta ao básico

Combinado com as preocupações financeiras de Tondela, está de volta ao básico e focado na juventude.

Nove jogadores sem empréstimo voltaram aos seus clubes, com o goleiro Pedro Triguera e o ala Salvador Agra sem contrato com João Pedro. O extremo Juan Manuel Bocelli foi vendido ao Gil Vicente por apenas 50 mil euros.

Cinco jogadores foram promovidos do time Sub-19, com dois vindos por empréstimo; O zagueiro Marcelo Alves, de 24 anos, do Madureira-RJ, e o ala Madias Lacava, de 19 anos, do Porto Cabello.

READ  Portugueses querem comprar propriedade nos Alpes

O ex-jogador do Tondela António José Marreco Gouveia é o novo treinador, um treinador inexperiente de 35 anos com o objetivo de devolver o clube à Primeira Liga pela primeira vez.

Por Matthew Marshall

Alinhamentos

Porto (4-3-1-2): Marchesin – Jono Mario, Pepe, Ivan Marcano, Zaido Sanusi – Mateusz Uribe, Marko Krujic (Stefan Eustaquio 70′), Pep Aquino (Bruno Costa 87′) – Danny Loader (Galeno Marcono 70′), (40′) Mehdi Taremi ( Gabriel Veron 87′)

Alternativas não utilizadas: Claudio Ramos, Jono Marcelo, Wendell, Gonzalo Borges

Treinador principal: Sérgio Conceição

Tondela (5-4-1): Niasse – Diego Almeida, Jota Gonçalves (Lacava 80′), Marcelo Alves, Manu Hernando, Gassef (Rafael Barbosa 46′) – Delmo Arcanjo (Cascaval 90′), Igar Undabarrena (Rafael Alcopia 86, Pedro – Augustoni Pedro Anjos)

Alternativas não utilizadas: Philip Dear, Rodrigo Fajardo, Ruben Fonseca, Muhungo, Bruno Santos

Treinador principal: Antonio José Marreco Gouveia

metas

[1-0] – Taremi 30′

[2-0] – Evanilson 33′

[3-0] – Taremi 82′