Abril 21, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Remessas registradas de imigrantes

Remessas registradas de imigrantes

De acordo com dados de Banco de PortugalOs portugueses que trabalham no estrangeiro enviaram 3.985,57 milhões de euros no ano passado, um aumento de 2,4% face aos 3.892,26 enviados em 2022.

Como é habitual nos últimos anos, as remessas dos migrantes voltaram a bater recordes no ano passado, com o valor enviado para o estrangeiro pelos trabalhadores portugueses em 2021 a ascender a 3.707,77 milhões de euros.

Para os estrangeiros que trabalham em Portugal, o valor enviado para os seus países de origem no ano passado foi de 570,19 milhões de euros, um aumento de 7,39% face aos 530,96 milhões enviados em 2022 e aos 504,17 milhões enviados em 2021, confirmando a tendência. Aumento de trabalhadores estrangeiros em Portugal.

Brasil

Entre eles, os trabalhadores brasileiros em Portugal enviaram praticamente metade do total de remessas com 281,35 milhões de euros, apresentando um aumento de 8,42% face aos 259,49 milhões enviados em 2022 e aos 239,34 milhões de euros enviados para o Brasil em 2021.

Migrantes nacionais que trabalham em países africanos de língua portuguesa (Balão) enviou 312,76 milhões de euros no ano passado, o que representa uma redução de 1,36% face aos 317,06 milhões enviados em 2022, mas superior aos 260,55 milhões enviados em 2021.

Como é habitual, os portugueses que trabalham em Angola representam todos estes fundos, enviando 303,55 milhões de euros, o que representa uma queda de 1,65% face aos 308,4 milhões enviados para Portugal em 2022.