outubro 7, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

O casal britânico investiu மில்லியன் 3 milhões em um hotel rural

O projeto pretende incluir 12 unidades de alojamento para além de espaços para eventos e negócios como casamentos ou baptizados.

Um casal britânico já investiu mais de 3 milhões num imóvel no Synface, disse a autarca distrital de Viseu, Lusa. “Trata-se de um casal inglês – Belinda e Andrew Skipper. Ele é advogado, diretor e proprietário de um escritório de advocacia. Ele compra cerca de 9,5 hectares de propriedade e a substitui”, disse Armando Morrisco.

Como explicou o autarca de Cinfães, este investimento, “até agora, já ultrapassou os três milhões de euros”, começou há quatro anos com a aquisição do imóvel. “Iniciou-se o investimento no setor agrícola, na vinha e no olival. Já está a ser produzido vinho a partir das castas Avesso e Alvarino e, neste momento, a casa está a ser remodelada com um design mais tradicional”, explicou.

Transformação

Recentemente, visitou as obras em funcionamento e, na sua opinião, o casal disse que “esta casa está a transformar-se num hotel rural que é muito atractivo não só para o concelho de Synface, mas também para a região”.

“A ideia do senhor Skipper é muito interessante. Ele sabe que não terá problemas para viajar na primavera e no verão, mas ele tem uma empresa que opera nos quatro cantos do mundo, então a Synface será um local estratégico, pois eles continuam a realizar treinamento da indústria”, disse ele.

Armando Mauricio explicou que o investidor deve focar-se na formação ou parte dela no Synface porque estas reuniões são exigidas pelos advogados devido às diferentes legislações nos diferentes países onde a empresa atua. “Ou seja, em vez de alugar hotéis nos países para formação, Cinfães vai disponibilizar equipas de advogados para formação”, disse. disse o capitão.

READ  2 barcos da praia da Virgínia não regressam a Portugal

O dirigente de Cinfães acredita firmemente que “as equipas de advogados da Quinta da Soalheira virão ao concelho, jantarão nos restaurantes locais, serão potenciais clientes do concelho e, sem dúvida, divulgarão sobre eles. Município pelo mundo”. E diferenciando para manter o desenho original e diferenciando a perspetiva futura da dinâmica económica do distrito.”

Foto: © Pedro Sá | foto