outubro 5, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Northern Explorer encomenda ‘primeiro navio de cruzeiro zero carbono’ em Portugal

A startup norueguesa Northern Explorer assinou seu primeiro contrato de construção nova na corrida para operar o primeiro navio de cruzeiro com zero carbono do mundo.

A empresa escolheu a West Sea em Portugal para construir o seu primeiro navio, que deverá estar pronto para a época de cruzeiros 2025/26.

“Este é um novo marco em nossa jornada rumo às viagens com zero emissões”, disse Rolf Andre Sandvik, fundador e executivo-chefe.

Ele explicou que o Northern Explorer se aproximou de jardas globalmente em seu concurso.

“Estamos muito satisfeitos em lançar este projeto emocionante com a Western Ocean. Eles são um estaleiro moderno e profissional com um bom histórico”, acrescentou.

O armador trabalhou com a ABB Technology na embarcação, cujo custo não foi divulgado.

O artigo continua abaixo do anúncio

“Como um construtor naval focado em embarcações avançadas e de alta qualidade, estamos muito ansiosos para trabalhar com a Northern Explorer”, disse o gerente da West Sea, Vitor Figueiredo.

O navio para 250 passageiros será construído nas suas instalações em Viana do Costello, a norte do Porto.

Já encomendou três navios menores para a Mystic Cruises e tem mais quatro encomendados.

O design do Northern Explorer apresenta o sistema de propulsão totalmente elétrico da ABB, incluindo tecnologia de bateria e célula de combustível de hidrogênio, permitindo navegação livre de emissões nos fiordes noruegueses e mais além, à medida que a transição verde se consolida.

Sem resultados finais

O proprietário e a ABB estão conversando com vários subfornecedores sobre os arranjos de envio.

“Ainda não tomamos as decisões finais porque queremos usar a nova tecnologia quando ela estiver disponível. Sempre que possível, também pretendemos escolher os materiais mais sustentáveis ​​disponíveis no mercado”, disse Sandvik.

READ  Portugal dá as boas-vindas a mais afegãos - Portugal News

A embarcação foi projetada pela Multi Maritime na Noruega.

A Tradewinds disse que planeja 14 navios idênticos de até 300 passageiros cada para operar nos países nórdicos.