outubro 6, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Elon Musk não vai comprar o Manchester United

“Também estou comprando o Manchester United De nada”, disse Musk a seus 103 milhões de seguidores. Twittersem dar detalhes.

Horas depois — e depois de várias reportagens sobre sua afirmação ousada — Musk deixou claro que era tudo uma piada.

“Não, isso é uma piada de longa data no Twitter. Eu não compro nenhum time esportivo”, disse ele depois que um usuário perguntou se ele estava falando sério sobre a compra.

Em resposta a uma pergunta sobre o tweet de Musk, A Manchester United (manu) “Não comentamos rumores e especulações”, disse um porta-voz à CNN Business.
Segundo a Forbes, o Manchester United merece US$ 4,6 bilhões. Sob o controle da família Glazer, que também possui a franquia da NFL Tampa Bay Buccaneers, o Manchester United é um dos maiores clubes de futebol do mundo, mas não conquista o título da Premier League desde 2013.
Em 13 anos no Twitter, a plataforma se tornou parte importante Da marca pessoal. É um lugar onde ele se comunica sobre seus empreendimentos comerciais, critica pessoas que considera detratores, fornece comentários sobre criptomoedas e compartilha memes ocasionais.

Ele até disse sarcasticamente em seu tweet de 2019: “Algumas pessoas usam o cabelo para se expressar, e eu uso o Twitter”.

No entanto, os tweets de Musk sobre Tesla o colocaram em apuros, várias vezes, com a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA. Sua briga com a Securities and Exchange Commission remonta ao seu infame tweet de 2018, no qual ele disse: “Estou pensando em tornar a Tesla privada por US $ 420. Financiamento garantido”.

O tweet de nove palavras fez as ações da Tesla dispararem na época, mas a SEC a acusou de enganar os investidores. Musk e os reguladores acabaram chegando a um acordo que incluía, entre outras disposições, a exigência de que Musk obtivesse aprovação prévia de outros executivos da Tesla antes de tuitar sobre a empresa.

Os tweets do bilionário sobre o Manchester United chegam em um momento em que ele está tentando final Sua aquisição da plataforma social por US$ 44 bilhões. O Twitter o levou ao tribunal por tentar sair do acordo.

— Robert MacLean contribuiu para esta história.