Julho 13, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Crianças custam às famílias portuguesas 10 mil euros por ano

Crianças custam às famílias portuguesas 10 mil euros por ano

“Quando se tem em conta a estrutura familiar, os resultados mostram que as famílias com filhos dependentes gastam em média mais 9.731 euros anuais, o que representa mais 811 euros do que a despesa média mensal”, nota o gabinete de estatística.

Os principais contribuintes para esta diferença são os custos de transporte e habitação, sendo que a diferença entre os dois tipos de famílias, em ambos os casos, segundo o INE, ultrapassa os 100 euros mensais. “Observaram-se também custos mais elevados com restauração e alojamento, alimentação e educação: em média, 97 mais, 90 mais e 66 euros por mês”.

As famílias portuguesas gastam em média 23.900 euros por ano com as despesas de subsistência, valor que varia consoante a disposição da casa. As famílias com dois ou mais filhos dependentes gastam, em média, mais de 32.800€ por ano. Por sua vez, as famílias unipessoais são naturalmente as que gastam menos.

Ainda assim, segundo o inquérito do INE, “a despesa média anual foi superior na presença de adultos com menos de 65 anos (17.105 euros) comparativamente aos agregados familiares com idosos (14.783 euros)”.

Diferenças regionais

A nível regional, o custo médio anual foi mais elevado na área metropolitana de Lisboa, com um valor de 26.891 euros, seguida do Algarve (24.432 euros/ano). Ambos ficaram acima da média nacional. O custo médio na região Norte foi inferior à média nacional, mas 23 mil euros (23.245 euros) superior.

A despesa média regional mais baixa foi observada na região autónoma dos Açores (19.431 euros), o que também proporcionou um perfil de despesa regional distante da média nacional. Seguem-se o Alentejo (21.359 euros), o Centro (22.222 euros) e a região autónoma da Madeira (22.605 euros).