Julho 14, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

A China cortou sua principal taxa de juros pela primeira vez em 10 meses, à medida que a recuperação econômica desacelerou

A China cortou sua principal taxa de juros pela primeira vez em 10 meses, à medida que a recuperação econômica desacelerou

  • O Banco Popular da China cortou em 10 pontos básicos a taxa de juros de 237 bilhões de yuans (US$ 33 bilhões) de empréstimos de um ano para algumas instituições financeiras.
  • O Shanghai Composite subiu 0,3%, enquanto o Shenzhen Composite ficou estável. O Hang Seng de Hong Kong subiu 1,3% e o Hang Seng Tech saltou mais de 2%.

PEQUIM, CHINA – 13 DE JUNHO: Uma mulher caminha em frente ao prédio do Banco Popular da China (PBOC) em 13 de junho de 2023 em Pequim, China.

Serviço de Notícias da China | Serviço de Notícias da China | Getty Images

O banco central da China cortou as taxas de empréstimos de médio prazo na quinta-feira, em um movimento muito esperado, já que a recuperação da economia pós-Covid continua perdendo força.

O Banco Popular da China cortou a taxa de juros de 237 bilhões de yuans (US$ 33 bilhões) de empréstimos de médio prazo (MLF) para algumas instituições financeiras em 10 pontos base – de 2,75% para 2,65%.

A última vez que o banco central cortou sua taxa de 400 bilhões de yuans em empréstimos de um ano do Fundo Multilateral em agostotornando a mudança de quinta-feira a primeira em 10 meses.

O China Medium Term Lending Facility é um canal de financiamento introduzido para permitir que o banco central injete liquidez no sistema bancário e influencie as taxas de juros de determinados empréstimos.

No início desta semana, o banco central cortou a taxa de recompra reversa de sete dias em 10 pontos-base, de 2% para 1,9%, e injetou RMB2 bilhões por meio de acordos de recompra de sete dias. O maior banco comercial estatal da China cortou as taxas de depósito na semana passada, de acordo com as verificações da CNBC.

Logo após o anúncio, o dólar subiu 0,2% em relação ao iuan chinês onshore, para 7,1744 – a menor cotação desde novembro.

O Shanghai Composite subiu 0,3%, enquanto o Shenzhen Composite ficou estável. O Hang Seng de Hong Kong subiu 1,3% e o Hang Seng Tech saltou mais de 2%.

Brendan Ahern, diretor de investimentos da KraneShares, disse que o corte de MLF do banco central é um sinal da “vontade” dos formuladores de políticas chineses de intervir para ajudar a sustentar a economia.

“Eles indicam sua consciência e vontade de apoiar a economia, é [a] Reconhecendo que a recuperação pós-COVID está acontecendo em um ritmo muito morno ou crescente”

Ele acrescentou que a decisão sobre a taxa básica de juros do empréstimo, com vencimento em 20 de junho, também deve levar a um corte à medida que o governo embarca em novas medidas de apoio para aumentar a demanda.