Assinatura de protocolo de gestão dos Órgãos Históricos de Santarém

em Últimas
O protocolo para a Manutenção ou Gestão dos Órgãos Históricos de Santarém (ÓHS), foi assinado esta quarta-feira, dia 17, pelas 16 horas no Salão Nobre dos Paços do Concelho.
Participaram nesta cerimónia, entre outros, Susana Pita Soares, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Joaquim Ganhão, Padre da Diocese de Santarém, Mário Rebelo, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Santarém.
De referir que a “parceria para os ÓHS tem como objetivos principais defender, estudar, reabilitar, manter, promover, supervisionar, divulgar, prestigiar e representar o acervo de património designado por Órgãos Históricos de Santarém, assim como promover, supervisionar e autorizar todos os eventos performativos, formativos, turísticos e outros que estão relacionados com o mesmo acervo”.
 Os Órgãos Históricos de Santarém podem ser ouvidos no próximo III Ciclo de Órgãos de Santarém, que decorre entre os dias 3 de junho e 30 de julho de 2017.
Onde estão localizados os ÓHS, o Órgão da Igreja de Jesus Cristo (séc. XVIII, anónimo) – propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, o Órgão da Igreja da Piedade (1795, J. A. Peres Fontanes) – propriedade da Diocese de Santarém, o Órgão da Igreja de Marvila (1817, A. X. Machado e Cerveira) – propriedade da Diocese de Santarém, o Órgão da Igreja de São Nicolau (1818, A. X. Machado e Cerveira) – propriedade da Diocese de Santarém, o Órgão da Igreja da Misericórdia (1818, A. X. Machado e Cerveira) – propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, o Órgão da Igreja da Alcáçova (1820-1822, J. A. Peres Fontantes) – propriedade da Diocese de Santarém e o Órgão da Igreja Catedral de Santarém (1835, J. C. Bishop) – propriedade da Diocese de Santarém.

Deixar uma resposta

Your email address will not be published.

*