Junho 22, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Tua Tagovailoa ainda está no protocolo, diz a fonte, e está ausente dos jogos do Pro Bowl

Tua Tagovailoa ainda está no protocolo, diz a fonte, e está ausente dos jogos do Pro Bowl

Miami – quarterback dos Dolphins Toa Tagovailoa Ele permanece no protocolo de concussão e não participará dos jogos do Pro Bowl da próxima semana, disse uma fonte à ESPN na sexta-feira.

Tagovailoa foi nomeado o primeiro substituto do Pro Bowler e foi contratado para substituir qualquer jogador Joe Burrow ou Patrick Mahomes, com os dois zagueiros jogando no AFC Championship Game no domingo e um indo para o Super Bowl LVII. No entanto, Tagovailoa entrou no protocolo em 26 de dezembro depois de sofrer uma concussão na derrota do Miami para o Green Bay Packers no dia anterior e perdeu os últimos três jogos do time na temporada, incluindo uma derrota como wild card para o Buffalo Bills.

Segundo a fonte, o tempo de Tagovailoa no protocolo foi ponderado, pois ele conhece muitos médicos e especialistas. Não houve contratempos, pois os Dolphins priorizam sua saúde a longo prazo.

O quarterback do terceiro ano alcançou recordes na carreira em passes e touchdowns nesta temporada, enquanto liderava a NFL em rating de passador. Ele também foi o mais votado na votação dos fãs do Pro Bowl.

Tagovailoa perdeu a maior parte de seis jogos depois de sofrer concussões nas semanas 4 e 16. A NFL e a NFLPA lançaram duas análises conjuntas de como ele lidou com os ferimentos na cabeça nesta temporada, a primeira das quais o levou a demitir um consultor neurológico não afiliado. Tagovailoa foi liberado para jogar depois de bater com a cabeça na semana 3 e sofreu um fumble logo depois.

A NFL mudou seu protocolo de concussão como resultado dessa revisão conjunta.

O gerente geral dos Dolphins, Chris Greer, disse no início deste mês que a equipe entrará na temporada de 2023 com Tagovailoa como zagueiro titular, e que os médicos com quem conversaram não acham que a concussão de um zagueiro o tornará mais suscetível a lesões na cabeça no futuro.

Os Dolphins têm prazo até 1º de maio para exercer a opção de quinto ano no contrato de calouro de Tagovailoa.