setembro 30, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Seja o astronauta do dia

A empresa portuguesa de especialidades lançou em setembro um concurso para selecionar 30 alunos para participar num voo de paraquedas que simula ser astronauta e viver no espaço.

O concurso “Zero-G Portugal – Astronauta por um dia” destina-se a alunos com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos de escolas públicas, privadas ou domésticas entre os 9º e 11º anos do próximo ano letivo.

Os alunos selecionados poderão participar de um voo de paraquedas no Knowspace Airbus em setembro, no qual poderão experimentar as mesmas emoções que os astronautas experimentam no espaço.

Esses aviões foram desenvolvidos para entender como o corpo humano pode se adaptar a condições gravitacionais zero, mas atualmente são considerados a base para pesquisas de microgravidade e alguns experimentos antes de serem enviados ao espaço internacional. Estação.

Futuros astronautas

“São também uma das formas de formação de futuros astronautas, que gostaríamos de oferecer aos estudantes portugueses”, afirma Hugo Costa.

O responsável explica que o objetivo da iniciativa é aproximar os jovens do espaço e incentivar os alunos a formar e seguir carreiras nas áreas das ciências, tecnologia, engenharia e matemática relacionadas com o setor aeroespacial.

“Ao aproximar os jovens do espaço, queremos contribuir para a sua decisão sobre o futuro, por exemplo, seguindo um percurso nestas áreas de estudo e quem sabe a carreira dos futuros astronautas”, insiste Hugo Costa.

As inscrições vão até 17 de abril, seguindo-se uma segunda fase com realização de espaço e testes descritivos. Na terceira etapa, exame físico e entrevista.

De acordo com a gestora de projetos educativos da agência, Marta Gonsalves, o processo de seleção visa, por um lado, atingir todos os alunos do país, e “reflectir de alguma forma a seleção dos astronautas, tendo em conta vários fatores”.

READ  Seca leva Portugal a limitar uso de água em grandes barragens hidroelétricas

Os finalistas servirão como embaixadores da iniciativa na escola para o próximo ano letivo, partilhando a sua experiência com os colegas e “contribuindo para o desenvolvimento e estímulo do interesse pelo espaço”, refere o relatório.