agosto 8, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Português ficando em casa no dia de ano novo

Mais de metade (62%) dos portugueses vão ficar em casa no dia de Ano Novo, com destaque para os maiores de 55 anos (83%).

Enquanto isso, o estudo do Cetelem Observer descobriu que jovens entre 18 e 34 anos têm maior probabilidade de escolher passar as férias em casa com amigos ou outros membros da família (33%).

Oito em cada dez (79%) celebram o Ano Novo apenas com a família, 18% afirmam festejar o Ano Novo com a família além dos familiares e 18% com amigos.

Em termos de orçamento, os portugueses pretendem gastar em média 107 euros no Ano Novo, o que é mais 22 euros do que no ano passado. Numa análise mais detalhada, 25% dos inquiridos pretendem gastar entre 51 e 100 euros, 16% acham que vai custar entre 101 e 150 euros e 11% acham que vai custar 50 euros.

Os dos 35 e 44 anos (122 euros) e dos 25 aos 34 anos (120 euros) são os grupos etários que pretendem gastar mais no Ano Novo. Quem quer gastar menos tem entre 65 e 74 anos (83 83) e menos, entre 18 e 24 anos (84 84).

De acordo com um estudo do Observador Cetelem, os portugueses estão muito otimistas e consideram 2022 o melhor ano de sempre. 45% dos portugueses consideram que o novo ano será o “melhor” ano, 8% acreditam que será “o melhor”, 51% acreditam que será igual e apenas 3% acreditam que será o pior. Ou pior.

READ  O outro lado do império português