Maio 19, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Portugal: O número de turistas internacionais quase duplicou no ano passado

Portugal: O número de turistas internacionais quase duplicou no ano passado

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), as estâncias turísticas nacionais de Portugal receberam um total de 1,5 milhões de viajantes e 3,5 milhões de dormidas em janeiro deste ano.

Os números revelam um aumento de 72,5 por cento e 74,5 por cento face ao mesmo período do ano anterior, enquanto os mercados externos registaram um total de 2,3 milhões de dormidas, duplicando o número total de dormidas. Em janeiro de 2022, relatórios SchengenVisaInfo.com.

De acordo com os números do INE, o número total de visitantes e o número de dormidas aumentaram significativamente 3,2 por cento e 6,5 por cento face aos dados de janeiro de 2020.

“Todos os dezassete principais mercados de lançamento registaram um aumento em janeiro, representando 83,8 por cento das dormidas de não residentes”. disse o INE.

Ao nível dos mercados externos, a Grã-Bretanha foi responsável pelo aumento mais significativo registado no primeiro mês do ano, com 14,8 por cento de não residentes, seguindo-se os mercados alemão (11,3 por cento) e espanhol (10,2 por cento). .

Paralelamente, face a janeiro de 2020, os visitantes dos seguintes países registaram um decréscimo nas dormidas:

  • Grã-Bretanha (queda de 3,2 por cento)
  • Suécia (19,6%)
  • Brasil (15,4%)
  • Dinamarca (15,1%)

Os dados do INE mostram a maior subida “Observado nos mercados norte-americano (53,1 por cento), polaco (65,4 por cento) e irlandês (48,1 por cento), os hóspedes alemães (9,9 por cento) e espanhóis (11,4 por cento) também aumentaram em número” .

Todas as regiões registaram um aumento, com a AM Lisboa a representar 32,6 por cento das dormidas, seguida da Norte (17,6 por cento), RA Madeira (17,0 por cento) e Algarve (16,3 por cento).

Face aos valores de 2020, os números do INE revelam um aumento em todas as regiões, com destaque para a Madeira (20,9 por cento), Centro (6,2 por cento) e Norte (5,3 por cento).

O primeiro mês deste ano registou um aumento em todas as categorias de alojamento, com as dormidas em hotéis a representarem 81,9 por cento do total, ou seja, um aumento de 77,1 por cento face ao mês homólogo de 2022 e um aumento de 2,7 por cento. Comparado a janeiro de 2020.

As dormidas no alojamento local, cuja quota foi de 15,6 por cento, aumentaram 71,2 por cento face a janeiro do ano passado e 25,3 por cento face a janeiro de 2020, enquanto o número de dormidas no turismo e habitação nas zonas rurais. Os locais tiveram uma participação de 2,5%, um aumento de 28,1% em relação a janeiro de 2022 e 45,8% em relação aos dados de janeiro de 2020.