dezembro 4, 2021

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

O Grande Sonho de Portugal / IJF.org

Os dias de Jorge Oliveira Fernandez, Presidente da Federação Portuguesa de Judô, são muito corridos. Desde quinta-feira, 21 de outubro, acompanha de perto a evolução do Campeonato do Mundo de Seniores de Lisboa.

“A competição já começou e estou muito feliz. Prova que é muito possível organizar grandes eventos em Portugal, respeitando ao mesmo tempo a segurança de todos. À primeira vez.

Desde a assinatura do acordo entre a Federação Portuguesa e a IJF no passado mês de Junho, durante o Campeonato do Mundo em Budapeste, trabalhámos muito. Primeiro, fechamos e negociamos contratos com patrocinadores e dirigentes, ao mesmo tempo em que otimizamos a preparação de nossos atletas nacionais. Este é um campeonato veterano, mas é um campeonato mundial e se conseguirmos bons resultados terá efeitos positivos a todos os níveis.

Há muitos anos que sonhamos em organizar esta competição. Quando os organizadores anteriores saíram, nos inscrevemos imediatamente. Inicialmente, acreditávamos que teríamos mais de 600 concorrentes. Estamos perto de 400, mas a epidemia atrapalhou tudo e podemos estar muito satisfeitos.

O tipo de veteranos tem uma dimensão social muito importante. Em Portugal, os veteranos são muito ativos porque temos uma grande tradição de misturar novas e velhas gerações de judocas. Afinal de contas, os concorrentes ficam felizes em se encontrarem novamente, mas também são pessoas envolvidas em uma vida profissional e pessoal rica. Não é fácil para eles sair de casa agora.

O estádio que escolhemos para este evento é excelente, localizado muito perto do aeroporto e do hotel onde todos se hospedam. Acho que alcançamos algo bom. Estou muito orgulhoso do trabalho que nossa equipe fez em colaboração com a IJF e a Comissão de Veteranos. O quarto é tão bonito.

READ  Portugal planeja energias renováveis ​​para o mar

Para atender adequadamente aos protocolos de saúde, pudemos montar um laboratório de análises no hotel. Os resultados são imediatos, o que facilita um pouco as coisas. “


O tipo de veteranos tem uma dimensão social muito importante

Jorge Oliveira Fernandez foi Presidente da Federação Portuguesa durante cinco anos. O Mundial para esses jogadores vai continuar na próxima semana com o Mundial de Kata, então parece um passo necessário à frente de outros projetos, “Temos cerca de 15.500 judocas no país, mas ainda podemos crescer. Temos todos os projetos e outras ideias educacionais no judô. Não, mas estamos progredindo. Estamos organizando esses dois campeonatos mundiais hoje, mas gostaríamos de sediar um Brand Prix ou Grand Slam no World Judo Tour e ainda sonhar, por que não ter a honra de sediar o Campeonato do Mundo de Seniores em Portugal Vamos passar pelos níveis, mas sonhe alto.

Jorge Oliveira Fernandez pode voltar à competição de jogadores por enquanto. Sua federação acumulou muita experiência que com certeza os destacará em uma boa posição.