Junho 22, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

O Banco Central Europeu prepara-se para abrandar as subidas das taxas de juro à medida que as condições financeiras se tornam mais apertadas

O Banco Central Europeu prepara-se para abrandar as subidas das taxas de juro à medida que as condições financeiras se tornam mais apertadas

  • A inflação na zona do euro subiu ligeiramente para 7% em abril, segundo novos dados divulgados esta semana.
  • Mas o núcleo da inflação – que exclui alimentos, combustíveis, tabaco e álcool – desacelerou para 5,6%, de 5,7%, sua primeira queda desde junho passado e abaixo do que o mercado esperava.
  • A pesquisa de empréstimos bancários do Banco Central Europeu indicou um declínio excepcionalmente grande na demanda de crédito em meio a padrões de empréstimo mais rígidos, o que justifica aumentos mais baixos nas taxas de juros.

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, faz uma pausa durante a coletiva de imprensa sobre a decisão da taxa em Frankfurt, Alemanha, na quinta-feira, 16 de março de 2022.

Alex Krause | bloomberg | Getty Images

FRANKFURT – O Banco Central Europeu deve aumentar sua taxa básica de juros em um passo menor de 25 pontos-base na quinta-feira, à medida que o núcleo da inflação diminui cada vez mais. Pontos de dados de pesquisa privada às condições financeiras mais difíceis na região.

Os novos números econômicos reforçam o argumento do BCE de apenas aumentar as taxas de juros em um valor menor na reunião de política monetária, possivelmente anunciando um ritmo acelerado de redução de seu balanço patrimonial.

O aperto quantitativo, ou QT, já ocorreu quando o Banco Central Europeu encolheu sua carteira de títulos gigantes em seu balanço após anos de compra de dívida do governo e estímulo monetário. O BCE manteve as taxas iguais e abaixo de zero por anos, lançando programas de compra de títulos como o APP (Programa de Compra de Ativos) e o PEPP (Programa de Compra de Emergência Pandêmica) em um esforço para emular os empréstimos.

O APP começou em meados de 2014 para lidar com os níveis de inflação sempre baixos. Ficou congelado entre janeiro e outubro de 2019 e depois até julho de 2022 – mas continuou a reinvestir os pagamentos dos ativos que venceram. O PEPP, por outro lado, foi um programa de compra de títulos mais flexível introduzido durante a pandemia de coronavírus.

O Deutsche Bank disse: “Para evitar que as condições financeiras reajam exageradamente para baixo para uma velocidade de +25bp, esperamos que o BCE anuncie um QT mais rápido: um aumento no início de reinvestimentos de APP de € 15 bilhões por mês para € 20 bilhões por mês.” do terceiro trimestre. Economista-chefe e Controller do Banco Central Europeu, Mark Wall, em nota aos clientes.

A inflação da zona do euro subiu ligeiramente para 7% em abril, de acordo com novos dados divulgados esta semana, mas o núcleo da inflação – que exclui alimentos, combustíveis, tabaco e álcool – desacelerou para 5,6%, de 5,7%, sua primeira queda desde junho passado e menor do que foi. o mercado espera.

“A tendência da inflação está diminuindo, à medida que o grande impulso dos preços mais altos dos alimentos desaparece”, disse Joerg Kramer, economista-chefe do Commerzbank, em uma nota de pesquisa.

“É um sinal positivo que o núcleo da inflação caiu pela primeira vez em muito tempo. Mas por causa dos reajustes salariais acima de 5 por cento, a pressão inflacionária deve permanecer teimosamente alta.”

Além disso, a pesquisa de empréstimos bancários do Banco Central Europeu indicou uma queda excepcionalmente grande na demanda de crédito em meio a padrões de empréstimo mais rígidos, reforçando a necessidade de um aumento menor nas taxas de juros.

Um percentual líquido de 38% dos bancos nos 20 países participantes observaram um declínio na demanda por crédito das empresas nos primeiros três meses deste ano. Este foi o maior declínio líquido desde a crise financeira global de 2008-2009.

Enquanto a Zona do Euro evitou a recessão no primeiro trimestre com um fraco crescimento de 0,1%, os efeitos do ciclo de aperto monetário estão dando os primeiros sinais de desaceleração da demanda. Tradicionalmente, a política monetária tem um desfasamento temporal de cerca de um ano, sendo que o BCE só iniciou o ciclo de caminhadas em junho de 2022.

“Depois de maio, esperamos outro aumento de 25 pontos-base em junho”, disse Cramer.

“Então o BCE deve parar de aumentar as taxas de juros e observar os efeitos de sua política monetária mais rígida na economia real.”

— Silvia Amaro, da CNBC, contribuiu para este artigo.