Junho 17, 2024

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Les Mousquetaires investirá 240 milhões de euros em Portugal até 2029

Les Mousquetaires investirá 240 milhões de euros em Portugal até 2029

O grupo retalhista francês Les Mousquetaires, que opera as insígnias Intermarché, Bricomarché e Roady, tem planos ambiciosos para as suas operações em Portugal, segundo relatos.

A retalhista francesa pretende investir 240 milhões de euros e criar 3.000 novos empregos até 2029, disse o presidente executivo da sua divisão portuguesa, Os Muscouteiros, ao diário Pedro Subtil. Jornal de Negócios.

A empresa opera atualmente em dois terços dos municípios de Portugal e planeia expandir-se para mais localidades em todo o país. Em breve abrirá as primeiras lojas em Faro, capital de concelho onde nunca esteve.

Les Mousquetaires alcançou um crescimento de vendas de 7,8% em Portugal em 2023, reportando aumentos de vendas nas diferentes marcas do grupo.

Intermarché lidera o caminho

A insígnia líder do retalhista, Intermarché, viu o seu volume de negócios atingir 2,8 mil milhões de euros, reflectindo um aumento de 7,7%.

A Bricomarché, cadeia especializada em produtos de decoração, registou um aumento de 7,3% no volume de negócios, para 184 milhões de euros. Noutras áreas, a marca de lojas de conveniência Rodi registou um forte crescimento (+11%), com o volume de negócios a subir para 48 milhões de euros.

O grupo ampliou a sua presença física em Portugal com a abertura de 10 novas lojas, elevando a sua rede total para 357 pontos de venda, incluindo 265 supermercados Intermarch, 56 lojas Bricomarch e 36 lojas de conveniência Rodi.

A expansão foi impulsionada por um investimento de 41,5 milhões de euros por parte da empresa e criou 350 novos empregos, elevando a sua força de trabalho total para mais de 14.500 funcionários.

As lojas são geridas por 287 empresários independentes e ocupam uma área bruta de vendas superior a 500 mil metros quadrados, informou a retalhista.

Desempenho do MC

Noutros lugares, a cadeia rival portuguesa MC registou um aumento de receitas homólogas de 9,4%, de 1,6 mil milhões de euros, no primeiro trimestre de 2024, impulsionado pelo forte desempenho nos seus segmentos de mercearia e saúde e beleza.

Embora os preços dos alimentos tenham caído significativamente no trimestre (1,2%) face ao ano anterior (20,5%), a concorrência no mercado em Portugal manteve-se intensa.