outubro 5, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Fazendo da música uma carreira

profissão

Ricardo Ferreira é um produtor musical português com muitos anos de experiência. Ele disse Portugal notícia Sua experiência na música começou aos 12 anos, depois que sua mãe lhe deu um violão. Apesar de ele poder escolher entre um console de videogame e uma guitarra, a mãe do produtor lhe deu os dois presentes como seu primeiro contato com a música. Na época, os amigos de seu irmão mais velho tinham bandas e acharam que seria divertido ensinar Ricardo a “tocar uns acordes” e rapidamente perceberam o talento do atual produtor.

Mais tarde, ele aprimorou suas habilidades em grupos de jovens e tocou violão na missa e em reuniões de jovens cristãos. Após a escola primária, ele optou por estudar música e tecnologia, onde lançou alguma luz sobre a produção musical.

Durante sua carreira, Ricardo sempre conheceu pessoas ligadas à música até ser chamado para “gravar um comercial” aos 13 anos. [supermarket] Continente”, para a campanha de volta às aulas. Nessa altura Ricardo Ferreira teve o seu primeiro contacto com um estúdio notícias de portugal Foi uma grande experiência.

A partir dos 17 anos, ele começou a tocar em bares e revelou que não tinha “outra carreira” desde que começou a trabalhar em empregos não relacionados à música. Ele viveu toda a sua vida através da música e ainda vive hoje. Aos 18 anos, uma gravadora que tinha um estúdio convidou Ricardo Ferreira para trabalhar como auxiliar técnico, mas quando o técnico principal saiu da empresa, Ricardo assumiu o cargo, e depois de começar a trabalhar por “5 ou 6 meses” a gravadora, grupos como Exus e Anjos. Ele esteve na empresa de 1999 a 2005 quando abriu seu estúdio.

READ  Interrupção aérea 5G não é esperada em Portugal


sucesso

Ricardo Ferreira já produziu discos de muito sucesso em Portugal. O álbum da boy band D’ZRT foi produzido por Ricardo Ferreira, assim como a banda realizou mais de 150 concertos ao longo de 6 meses, com o produtor como guitarrista e compositor. Os álbuns de sucesso não pararam por aqui, a cantora algarvia Aria produziu o seu primeiro álbum com Ricardo Ferreira. Tanto o D’ZRT como o Aurea estão agora representados no panorama musical português. A boy band se desfez vários anos depois, mais uma vez lotando salas de concerto em Portugal, Aria é considerado uma referência no soul português, assim como várias vezes foi jurado no show de talentos The Voice.

Processo de trabalho

façam notícias de portugalRicardo Ferreira disse que a forma de chegar aos artistas é muito diferente. Às vezes ele pode organizar algumas apresentações e às vezes os próprios artistas ou pessoas que eles conhecem farão uma demo que o produtor pode ou não estar interessado. Uma demo é uma gravação amadora e não o que o artista considera um álbum. Ricardo Ferreira disse que foi o que aconteceu com Aria. A demonstração foi dada por um amigo e colega. Então eles trabalharam com Aarya depois de uma performance e assim o hit foi criado.


Para fazer um trabalho melhor, diz o produtor, “o mais importante é definir as músicas”, que podem ou não ser escritas pelo artista, mas você deve ter várias músicas. Durante a entrevista, Riccardo observou que “para gravar um EP com quatro músicas, é melhor escolher entre vinte músicas” e só então começa o processo de produção.

Para Ricardo Ferreira, o mais desafiante é comunicar com o artista para interpretar um determinado vocabulário. Segundo o produtor, “certas palavras interpretadas pelo cantor” podem ser percebidas de forma diferente pelo técnico, inicialmente, criando alguns desafios para trabalhar com o cantor.

READ  Jogo da Liga de Portugal abandonado devido ao surto de COVID, reduzindo o saldo para nove jogadores, incluindo dois goleiros

O trabalho vai continuar e os sucessos vão continuar, Ricardo Ferreira é uma das referências portuguesas na produção musical em Portugal hoje, que já garantiu sucesso em vários géneros musicais.