julho 1, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Economia portuguesa representa 1,5% do PIB europeu

A participação de Portugal no PIB total com a União Europeia foi de 1,5 por cento em 2020, enquanto a economia alemã cresceu para 25,1 por cento.

Em 2020, o produto interno bruto (PIB) da UE diminuirá para 0,4 13,4 bilhões devido ao impacto da epidemia. No mesmo ano, a economia caiu 5,9 por cento devido ao Govt-19, a primeira queda desde 2009 (-4,3 por cento). No entanto, o impacto não é o mesmo em todos os estados membros.

Quanto à Alemanha, tem a maior economia da União Europeia e, como a economia alemã encolhe menos do que a média europeia, o peso do PIB aumentará de 24,8 por cento em 2019 para 25,1 por cento em 2020. A França com 17,2% e a Itália com 12,3% formam as três maiores economias da UE.

Esta classificação dos países da UE no PIB é (até agora) semelhante à classificação dos países em termos de população. Em outras palavras, países com grandes populações são, como se poderia esperar, países com grandes economias. Esta tendência é confirmada na quarta posição (8,4 por cento) com a Espanha, mas não verificada na quinta posição.

É aqui que a Holanda, com uma população de 17,4 milhões, está à frente da Polônia com 6 por cento, com 37 milhões de habitantes, equivalente a 3,9 por cento do PIB europeu. Isso resulta em um PIB per capita holandês superior ao PIB polonês.

Portugal não se enquadra bem nesta perspectiva: mantém 1,5 por cento do seu peso, mas ocupa o 14º lugar, enquanto continua a ser o décimo maior país da UE em termos de população. A dimensão da economia portuguesa é ofuscada por países menos populosos, como a República Checa, Suécia, Dinamarca, Áustria e Irlanda. Mas está acima da Grécia (tem uma população maior do que Portugal).

READ  Portugal multa 3.000 passageiros e dezenas de milhares de companhias aéreas por não cumprirem as regras de entrada COVID-19

No final da lista estão os estados membros com economias de menos de 1% do PIB europeu: a economia de Malta é de apenas 0,1%. Estônia, Chipre e Letônia respondem por 0,2 por cento, Croácia, Lituânia e Eslovênia 0,4 por cento, Bulgária e Luxemburgo – 0,5 por cento do PIB per capita e Eslováquia 0,7 por cento.