dezembro 7, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Dica: aproveitar um pendrive antigo pode resolver problemas de segurança digital

O lixo eletrônico está se tornando rapidamente uma das principais fontes de poluição em nosso planeta. Cada vez mais, a obsolescência programada nos faz descartar aparelhos que ainda funcionam perfeitamente bem em troca de um modelo cada vez mais novo. Esse é o caso das pens USB, antes revolucionárias pela grande capacidade de armazenamento em um pequeno hardware, e hoje deixadas como lembrancinhas de conferências, esquecidas em gavetas ou jogadas diretamente no lixo – gerando poluição, aumentando a escassez de metais, e desperdiçando o trabalho para produzi-las.

E se pudéssemos aproveitar esses dispositivos de uma forma inteligente, ainda relevante em 2022? A verdade é que isso é mais do que possível, mas precisamos pensar de forma mais criativa do que apenas o puro e simples armazenamento de arquivos. Configuradas de forma correta, as pens USB podem se transformar em um verdadeiro cofre portátil, garantindo sua segurança digital e privacidade mesmo ao utilizar computadores públicos. Ficou interessado? Então encontre seus pendrives abandonados pela casa e siga nosso guia.

A falta de segurança e privacidade digital

Se antigamente utilizamos ferramentas como cadeados, câmeras, chaves, cartões de acesso e outros recursos para proteger documentos impressos em papel, é importante pensar em como atualizar essa mentalidade para o mundo digital, cada vez mais central em nossas vidas. Atualmente, realizamos pagamentos, armazenamos fotos e vídeos pessoais, trabalhamos em documentos de empresas e nos comunicamos com amigos, família e colegas usando os computadores e smartphones. Assim que uma nova tecnologia se torna popular, também se torna comum as tentativas de utilizá-la para o mal.O alerta não deve ser ignorado, somente nos últimos dois anos o número de ataques de ransomware, vírus que tornam dados confidenciais ou pessoais “reféns” e inutilizáveis sem um pagamento, cresceu mais de 400%.

READ  Square Enix detalha problemas atuais e o futuro do novo Switch Racer Chocobo GP

Outro problema em crescimento na vida digital é o cyberbullying, em especial direcionado aos jovens que frequentam redes sociais, motivando empresas como a ExpressVPN a preparar guias de defesa contra essa ameaça. A verdade é que nossa privacidade está sob ataque constantemente – de plataformas de anúncios analisando sua movimentação on-line, até hackers em computadores públicos tentando obter acesso às suas contas pessoais, bancárias e telefônicas. Por isso, muitos internautas fazem uso de ferramentas de privacidade digital importantes, como uma VPN para proteger a navegação, um gerenciador de senhas para proteger os cadastros virtuais, proteção com senhas para o disco rígido do computador, e por aí vai. Mas e quando não estamos em casa? E será que é possível proteger dados especialmente sensíveis mesmo quando alguém obtém acesso ao nosso computador pessoal? A solução é preparar um pendrive customizado otimizado para a privacidade e segurança.

Criando um computador universal, portátil e seguro – usando um pendrive

A solução ideal para combinar a reutilização de um pendrive antigo com a segurança digital é a criação de um “computador portátil”, isto é, uma pen USB que pode ser conectada em qualquer outro computador e iniciar seu próprio sistema, com arquivos independentes e protegidos. Para isso, será necessário escolher um pendrive capaz de armazenar os arquivos desejados e a instalação de um sistema operacional. Tecnicamente, 4GB são o suficiente para essa tarefa, mas quanto mais espaço de armazenagem melhor – pendrives de 16GB são comuns e acessíveis atualmente.

Uma vez escolhido o pendrive a ser utilizado, é importante copiar os arquivos, se desejados, para um computador, já que o processo irá apagar por completo os dados já armazenados no dispositivo portátil. Depois, basta seguir:

  • Formate o pendrive: No Windows, basta abrir o Meu Computador e clicar no pendrive com o botão direito do mouse, escolhendo a opção Formatar. No macOS o utilitário Gerenciador de Discos realiza a mesma função.
  • Baixe o Rufus: o Rufus é um programa gratuito para criar pendrives bootáveis, e pode ser instalado no computador ou executado sem instalação.
  • Escolha um sistema operacional portátil: Diversas opções de sistemas capazes de rodar em um pendrive estão disponíveis, recomendamos o Kubuntu por ser um sistema completo, seguro, gratuito e leve.
  • Instale o sistema no pendrive: Com o Rufus, selecione o arquivo .iso do sistema operacional baixado e o dispositivo desejado. O programa instalará o sistema. Nas opções do programa, selecione todo o armazenamento do pendrive para LiveUSB.
READ  Face ID sob a tela pode chegar com o iPhone 16 em 2024

Agora seu pendrive é capaz de iniciar o sistema em qualquer computador onde esteja conectado, basta reiniciar o aparelho com a pen USB inserida e apertar qualquer tecla quando requisitado. O sistema permite a instalação de programas e armazenamento de arquivos, assim recomendamos:

  • Ative a criptografia de disco: em sistemas como o Kubuntu, ativar a criptografia e definir uma senha forte garantem que os dados do pendrive não poderão ser acessados por terceiros, mesmo em caso de perda ou furto.
  • Instale e configure seu navegador: use um navegador seguro como o Chrome ou Firefox, e instale extensões como seu gerenciador de senhas, bloqueador de páginas indesejadas ou perigosas.
  • Use uma suíte office: instalações do Kubuntu já contém os programas LibreOffice, capazes de abrir arquivos do Word ou Excel. Também é recomendado o uso do Google Docs, GIMP para edição de imagens e Kdenlive para vídeos.
  • Armazenamento em nuvem: usando o Google Drive, OneDrive ou Dropbox, é possível enviar arquivos rapidamente entre o pendrive e outros computadores através da internet.
  • Ative uma VPN: um programa de VPN garante a segurança do acesso à internet, mesmo em redes públicas, evitando o vazamento de contas pessoais ou histórico de navegação.

Agora você já pode carregar consigo uma versão segura, confiável e portátil de seus dados mais importantes, e pode acessá-los em casa, na biblioteca, na faculdade, no computador do trabalho e onde mais precisar – e de quebra, um pendrive antigo ganhou vida nova, longe do lixo.