setembro 28, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Benefícios de desemprego estão em nível mais baixo de todos os tempos

O seguro-desemprego em julho caiu 2,4% em relação ao mês anterior e 33,7% em relação ao mesmo período do ano passado, para um total de 159.768, segundo dados mensais divulgados pela Previdência Social.

“Numa base homóloga, os números mostram uma diminuição de 81.220 beneficiários”, insiste o Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, que elabora o resumo mensal.

Em julho, as mulheres representavam 58,4% do total de beneficiários do seguro-desemprego, enquanto os homens representavam 41,6%.

O número de pessoas que solicitaram auxílio-desemprego foi de 121.623, um aumento de 0,2% em relação a junho e uma queda de 27,8% em relação ao mesmo período do ano passado, ou 46.889 a menos.

O benefício social de desemprego inicial foi ativado para 4.939 beneficiários em julho, uma redução de 30,8% em relação ao mesmo mês de 2021, uma redução de 1,4% em relação ao mês anterior.

Em termos de prestações sociais de desemprego subsequentes, o número de beneficiários em julho foi de 27.142, um aumento de 2,1% em relação a junho e de 109,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em julho, o valor médio dos subsídios de desemprego era de 550,19€.

READ  Seca em Portugal provoca aumento do preço da água e proibição de limpeza de ruas