dezembro 1, 2022

O Ribatejo | jornal regional online

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que deseja saber mais sobre a Folha d Ouro Verde

Atualizações ao vivo: a guerra da Rússia na Ucrânia

Um veículo russo estacionado do lado de fora da usina nuclear de Zaporizhzhya, na Ucrânia, em 1º de setembro. (Alexandre Ermochenko/Reuters)

O chefe da empresa estatal de energia nuclear Energotom Petro Kotin disse em um comunicado no sábado que uma patrulha russa deteve o gerente geral da usina nuclear de Zaporizhzhya, na Ucrânia.

O gerente geral Ihor Murashov estava em seu carro a caminho da fábrica quando “ele foi parado, retirado do carro e vendado em uma direção desconhecida. No momento, não há informações sobre seu destino”, disse Kotin.

“Murashov é uma pessoa autorizada e tem responsabilidade primária e exclusiva pela segurança nuclear e radiológica da usina nuclear de Zaporizhzhya”, disse Kotin, acrescentando que sua detenção “põe em risco a segurança da operação da Ucrânia e da maior usina nuclear da Europa. ”

Cotten exigiu que os russos libertassem Murashov e instou o diretor-geral da AIEA, Rafael Grossi, a “libertá-lo”.

O Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia “condena veementemente a detenção ilegal” de Murashov em um comunicado divulgado na quinta-feira local na rede Internet Sábado.

“Este crime é mais uma manifestação de terrorismo de Estado por parte da Rússia e uma flagrante violação do direito internacional. A Rússia deve liberar imediatamente o gerente geral da usina nuclear de Zaporizhia”, disse o comunicado.

“Pedimos à comunidade internacional, especialmente às Nações Unidas, à Agência Internacional de Energia Atômica e ao Grupo dos Sete, que tomem medidas decisivas para esse fim”, acrescentou o comunicado.

Algumas informações básicas: A fábrica de Zaporizhzhia مصنع foi ponto focal Na guerra, tanto os russos quanto os ucranianos culparam o bombardeio perto da maior usina nuclear da Europa.

Desde o início de março, quando a Rússia apreendeu a usina, especialistas internacionais e nacionais emitiram sérios alertas, não apenas para a segurança dos trabalhadores da usina, mas também pelo medo de um desastre nuclear que poderia afetar milhares de pessoas nas redondezas.

READ  Sydney enfrenta mais chuva com aumento do número de mortos por inundações na Austrália