Tribunal de Santarém – Prisão preventiva para jovem que violou duas menores

em Últimas

O jovem angolano foi ouvido em primeiro interrogatório judicial, na passada sexta-feira, dia 1, pelo Tribunal de Instrução Criminal de Santarém. Segundo o Ministério Público, o indivíduo, de 22 anos de idade, de nacionalidade angolana, é fortemente indiciado por factos que integram a prática de um crime de violação agravada consumada, em concurso real com um crime de importunação sexual agravada e de dois crimes de coação sexual, ambos também agravados e consumados, tendo como vítimas duas menores de 15 anos de idade com as quais coabitava em Pontével.
No decurso do interrogatório, tendo em conta o atual e premente perigo de fuga, dada a nacionalidade do indivíduo, o Ministério Público promoveu a aplicação da prisão preventiva como única medida de coação capaz de obstar a tal perigo, medida essa que foi decretada judicialmente.
Os factos em referência ocorreram em 30 de maio de 2018 e a investigação prosseguirá na 1.ª secção do DIAP de Santarém, coadjuvada pela Polícia Judiciária, entidade que também tinha procedido à detenção.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*