Cristina Casimiro: “Precisamos de mais serviços de apoio aos idosos”

em Últimas

Os idosos são uma preocupação constante da presidente da Junta de freguesia da Raposa. “A população da aldeia é constituída maioritariamente por pessoas entre os 60 e os 95 anos, contando com uma anciã Maria Margarida, que já conta 103 anos de vida. “Estamos a procurar a forma de termos apoio domiciliário e um centro de dia onde os idosos possam passar o dia, para que os familiares possam fazer a sua vida normal de trabalho”, diz Cristina Casimiro.
Porém, adianta, “está a ser difícil, devido às reformas dos nossos idosos serem muito baixas e todo o valor por mínimo que seja que se pague a uma instituição fazer falta para as despesas mensais, o que leva os familiares optarem por os terem em casa, mesmo com todos os incómodos. Estamos a pensar na possível construção de um Centro de Dia na Raposa, para o que contamos com o apoio de um grupo de técnicas sociais”, diz a autarca.

Junta de Freguesia é pilar
no apoio aos idosos
“O apoio da Junta de freguesia é muito importante para esta população, maioritariamente idosa, pelo que prestamos uma série de serviços que vão desde a ida do funcionário à sede do Concelho para efetuar os pagamentos de eletricidade, agua, telefone e outros, levantamento das pensões e do receituário”, refere Cristina Casimiro.
Por esta altura, a Junta de Freguesia e a presidente têm andado sem mãos a medir com a entrega online das declarações do IRS para todos os munícipes da freguesia que careçam desse apoio. “Também as Associações da Freguesia têm merecido a nossa atenção, uma vez que são elas que dinamizam a juventude da terra”, sublinha a presidente.

Obras só com o apoio da Câmara
A presidente da Junta de freguesia da Raposa afirma que “há várias obras de grande importância para serem executadas, mas a junta tem um orçamento muito reduzido, devido ao número reduzido de habitantes, e necessita do apoio da Camara Municipal de Almeirim, para poder executar a maioria dessas intervenções”.
Entre as obras prioritárias, a presidente cristina Casimiro sublinha a requalificação da Fonte dos Biscais e alcatroamento da estrada de acesso; a pavimentação exterior da Casa da Cultura e a conclusão do telheiro anexo que irá servir todos os munícipes e coletividades que utilizam estas instalações para ali realizarem os seus eventos”. A presidente salienta que a Casa da Cultura serve anualmente milhares de pessoas, em almoços, reuniões, encontros de motares, jipes, escuteiros, festas de batizado, casamentos, aniversário e outras que passarão assim a dispor de todas as condições”.
Outra a intervenção prevista é a colocação de nova vedação no ringue e o alcatroamento de vários troços de estrada em terra batida, como a ligação do Largo do Fontanário ao campo de futebol, com a colocação de lugares de estacionamento.
Para a presidente da Junta, é importante também fazer o aproveitamento do furo, atualmente desativado, para a rega de todos os jardins públicos da freguesia e assim poupar água pública e cortar gastos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Ultima de Últimas

0 0.00
Ir para Topo