RING: um anel de inovação chega a 17 empresas da região através da Nersant

em Economia/TVRibatejo


A Nersant dinamizou um projeto de aplicação de tecnologias LEAN (otimização de processos) a que chamou de RING – Ribatejo Inovação na Gestão e que permitiu a 17 empresas aderentes a adoção ou revalidação de sistemas de gestão, com apoios comunitários do Compete 2020. Os certificados de participação no projeto foram entregues em Torres Novas, no passado dia 20 de novembro. Na cerimónia estiveram o secretário técnico do Compete 2020, Francisco Nunes, e o presidente do Conselho Diretivo do IAPMEI, Jorge Marques dos Santos, assim como o vice-presidente da Direção da Nersant, Domingos Chambel, que entregaram os certificados de participação às empresas presentes. Domingos Chambel elogiou as empresas aderentes e afirmou que “a economia tem vindo a transformar-se ao longo dos tempos”, tendo ao seu dispor “novas abordagens, novas tecnologias” e que isso leva à necessidade de “novas formas de gestão”. “Atualmente quem consegue vender é quem tem conhecimentos. E em boa hora estas empresas entenderam dotar-se de conhecimentos”, frisou o dirigente da Nersant. O projeto RING atuou nas áreas da implementação e certificação de sistemas de gestão da Qualidade e da Segurança Alimentar, permitindo a adoção de metodologias inovadoras nestas áreas, sobretudo ao nível da melhoria dos processos produtivos. Francisco Nunes, representante do Compete 2020, afirmou que “é muito importante perceber que este apoio do Compete 2020 ao projeto da Nersant se materializou em resultados, mas também que, para além da mais-valia financeira, as empresas ficaram a ganhar com a troca de experiências entre todos, uma vez tratar-se de um projeto conjunto”. Já o presidente do IAPMEI, José Marques dos Santos, frisou que “não basta captar conhecimento, é preciso mantê-lo dentro da empresa, pelo que a implementação de sistemas de gestão é essencial”. “São eles que mantêm o conhecimento dentro da empresa, porque as pessoas podem um dia sair. Que essa vitalidade fique captada em processos e sistemas”, sublinhou.

No universo destas 17 empresas, o Sistema de Gestão foi o mais procurado com 13 aderentes. Oito empresas pediram a revisão da Norma ISO 9001 para a versão 2015 e obtiveram nova certificação e outras 5 empresas implementaram o sistema de raiz. O Sistema de Gestão de Segurança Alimentar foi implementado e certificado em 4 empresas do distrito. A distribuição por concelhos foi a seguinte: Santarém com 4 empresas; Benavente e Ourém com 3 empresas cada um; Torres Novas, Abrantes, Alpiarça, Azambuja, Cartaxo, Constância e Tomar tiveram uma empresa aderente cada.

O projeto RING é promovido pela Nersant e que tem financiamento a 50% (não reembolsável) do Compete 2020

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Ultima de Economia

0 0.00
Ir para Topo