Oito milhões para projetos cofinanciados em Alcanena

em Últimas

A Câmara Municipal de Alcanena anunciou que vai realizar cinco projetos no valor de oito milhões de euros com financiamento comunitário e que vão mudar o concelho nos próximos anos. O projeto mais relevante é o do novo centro escolar de Alcanena que vai nascer a partir da requalificação da Escola Básica Anastácio Gonçalves. Vai ser construído um novo edifício, destinado ao primeiro ciclo, em formato L. A zona central vai funcionar como recreio coberto. O piso térreo vai incluir uma sala polivalente, uma sala de reuniões, três salas de aulas, sanitários e arrumos. Já no primeiro piso vão existir 12 salas de aula, gabinetes de trabalho, arrecadações e sanitários. Os atuais edifícios da Escola Básica Anastácio Gonçalves vão ser requalificados com obras na cozinha e anexos e vão funcionar como zona de professores e zona administrativa. O investimento é de 2,8 milhões de euros e é financiado pelo Programa Centro 2020, através da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

Vão também haver obras nos edifícios do mercado municipal e na praça envolvente à paragem de transportes públicos da vila de Alcanena, assim como nas redes de saneamento de águas residuais domésticas de Vale Alto e Covão do Coelho.

O projeto de mercado municipal está orçado em 1,36 milhões de euros, ao abrigo do programa de Regeneração urbana do Portugal 2020, e prevê a separação do atual edifício em duas zonas – a área do mercado e zona de restauração – podendo funcionar de forma distinta e abrir de forma autónoma. No meio destas duas zonas será criado um jardim interior. Vão também ser criados sanitários para os comerciantes e feita a redistribuição das bancas.

A praça envolvente à atual paragem de autocarros também vai para obras. O espaço vai deixar de ter estacionamento de autocarros e vão ser criadas duas dezenas de lugares para ligeiros e para sete táxis. O quiosque vai ser relocalizado e o espaço vai ter mais zonas de vivência para os habitantes, assim como bancos de jardim. Vão ser criadas casas-de-banho e uma cobertura na zona de táxis e na zona de paragem de autocarros e um local para cargas e descargas de passageiros. O investimento é de 540 mil euros.

As obras de saneamento abrangem os locais de Vale Alto e Covão de Coelho, Casal Carvalheiro, Casal Saramago e Moita. No caso dos dois primeiros projetos há financiamento comunitário, nos outros dois será através do orçamento municipal. Ao todo estes projetos representam 3,5 milhões de euros.

As obras devem ficar concluídas até final de 2018.

Deixar uma resposta

Your email address will not be published.

*

Ultima de Últimas

0 0.00
Ir para Topo