Nersant chega a acordo com Crédito Agrícola para cinco linhas de crédito

em Economia

A Nersant assinou esta quarta-feira um protocolo com o Grupo Crédito Agrícola que vai permitir que as empresas associadas da região possam ter acesso a condições preferenciais de produtos e serviços bancários deste grupo financeiro. O protocolo, assinado em Lisboa, está já em vigor e contempla cinco linhas de crédito, que representam no total 64 milhões de euros destinados exclusivamente às empresas associadas da Nersant.
Recorde-se que a presidente da Nersant, Salomé Rafael, tinha já lançado este desafio ao Crédito Agrícola há alguns meses, salientando a presença forte deste grupo na região e também a importância das empresas poderem ter a acesso a meios de financiamento mais vantajosos. Diz a associação que o acesso ao crédito bancário é “um dos constrangimentos à competitividade empresarial”.
O Grupo Crédito Agrícola disponibiliza cinco linhas de crédito e é neste âmbito que as operações de concessão de crédito vão ter de se enquadrar. Há uma linha de crédito para apoiar processos de empreendedorismo / criação de novas empresas, uma linha de crédito para apoio à tesouraria das empresas, uma linha de crédito para apoiar investimentos em eficiência energética, uma linha de crédito para a reindustrialização e, por fim, uma linha de crédito para apoio social.
“Esta parceria ganha especial relevância numa altura em que a capitalização e financiamento às empresas é fundamental. Congratulamo-nos com o mesmo e esperamos que as nossas empresas associadas possam vir a fazer uso deste novo instrumento que cuidadosamente preparámos”, referiu Maria Salomé Rafael, Presidente da Direção da Nersant, que acrescentou que “é este o papel de uma associação empresarial”, nomeadamente, “promover o desenvolvimento do Ribatejo, apoiando a atividade empresarial e dinamizando projetos de melhoria da envolvente empresarial regional”.
Estas linhas de crédito são exclusivamente para empresas associadas da Nersant, quer sejam empresários em nome individual ou pessoas coletivas de qualquer setor de atividade. O protocolo pode beneficiar mais de 2500 empresas. Há ainda condições preferenciais noutros serviços do Crédito Agrícola e em seguros disponibilizados pelo Grupo, que podem ser disponibilizados e contratados, consoante os casos, quer pela Caixa Central, quer por qualquer uma das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo associadas, e que integram o Sistema Integrado de Crédito Agrícola Mútuo, quer pelas seguradoras e demais empresas que integram o Grupo.
O acordo foi assinado pela presidente da Nersant, Maria Salomé Rafael, pelo vice-presidente, Domingos Chambel, pelo presidente do Conselho de Administração Executivo do Crédito Agrícola, Licínio Pina, e o vogal José Alexandre.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Ultima de Economia

0 0.00
Ir para Topo