Importância e regras da concorrência explicada às empresas em seminário na NERSANT

em Economia

Sendo a concorrência fator de competitividade e a produtividade das empresas, a NERSANT realizou na sua sede, em Torres Nova, uma sessão de esclarecimento sobre a importância e regras da concorrência.

“Ao concorrerem, as empresas empenham-se em tornar os seus produtos ou serviços diferentes dos que já existem no mercado. Para isso, apostam na conceção de produto, inventam novos serviços, investem no design, melhoram técnicas de produção ou apostam na formação dos trabalhadores. Empresas mais competitivas têm mais capacidade para explorar oportunidades de expansão e para ganhar escala nos mercados internacionais” começou por dizer Maria João Milícias, Vogal do Conselho Autoridade da Concorrência, na sessão de abertura do seminário que a NERSANT organizou, em parceria com esta entidade.

Em setembro, continuou a responsável, “entraram em vigor os novos estatutos desta autoridade, pelo que viemos aqui fazer foi dar a conhecer as regras do jogo aos empresários, dissuadindo práticas de cartelização e comportamentos anticoncorrenciais entre as empresas.” E alertou: “A autoridade possui poderes sancionatórios. É importante que as empresas sejam cumpridoras, e que tomem medidas internas que lhes permita cumprir as normas e regras da concorrência”, concluiu.

Luís Roque, da Comissão Executiva da NERSANT, fez o acolhimento aos empresários presentes nesta sessão de esclarecimento e reforçou a importância de todos os empresários usarem as boas práticas da concorrência a seu favor.  De seguida, diversos técnicos da Autoridade de Concorrência abordaram e explicaram às empresas presentes os benefícios da concorrência, práticas proibidas, controlo de concentrações, consequências do incumprimento das regras da concorrência e medidas de atuação responsável das empresas.

A Autoridade da Concorrência colocou-se ainda à disposição para o esclarecimento de dúvidas por parte das empresas, quer através de um debate proporcionado pela NERSANT no final da sessão, quer através dos contactos da autoridade facultados durante a reunião com os empresários da região.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*