Empresa Viver Santarém com orçamento de fé em resultados positivos para 2015

em Últimas

O orçamento da empresa municipal Viver Santarém para 2015 conta apresentar um lucro de 182 mil euros.
A empresa registou 135.485 utilizadores do parque exterior do complexo aquático municipal entre junho e setembro de 2014, o que gerou receitas de 653 mil euros em 2013 e de 676 mil euros em 2014.
A empresa deverá receber cerca de 600 mil euros da Câmara a título de subsídios à exploração. Os gastos com pessoal vão ser de 892 mil euros e o fornecimento de serviços externos vai custar 731 mil euros. Com uma previsão de 1,6 milhões de euros de gastos, e de 1,8 milhões de rendimentos, o orçamento para 2015 aponta para resultados líquidos de 182.885 euros.
O vereador da CDU, Francisco Madeira Lopes, consideraque “este orçamento confirma as dúvidas e os receios levantados num processo que começou mal e vai acabar pior”. A CDU defende a extinção da empresa e o regresso das suas funções à Câmara”, pelo que o vereador votou contra o orçamento.
Ricardo segurado, do PS, notou a inexistência do parecer obrigatório do ROC – revisor oficial de contas, pedindo o adiamento da votação.
Entretanto, o parecer do ROC foi distribuído e saltou à vista dos vereadores da oposição o facto de ser uma cópia exata do parecer que acompanhou o orçamento da empresa Águas de Santarém. A justificação do presidente da Câmara é que os ROC costumam usar minutas de pareceres… “Até dou de barato o facto do documento não estar assinado, mas pelo menos podiam ter corrigido os erros, minutarem por minutarem, ao menos minutem bem”, disse Ricardo Segurado.
O orçamento foi aprovado com as abstenções do PS, um voto contra da CDU e um voto a favor do PSD. A presidir momentaneamente à reunião, a vereadora Susana Pita Soares teve de usar o voto de qualidade para fazer aprovar o documento. Susana Pita Soares foi a única do PSD que pode votar, uma vez que o presidente e os restantes vereadores fazem parte da administração da empresa.

Deixar uma resposta

Your email address will not be published.

*

Ultima de Últimas

0 0.00
Ir para Topo